Ulcera causada por aines

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (610 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ÚLCERA PÉPTICA ASSOCIADA A
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO-ESTERÓIDES
(AINES)
AINEs são hoje considerados como uma causa estabelecida de úlcera péptica, podendo ocorrer pós a drogas e com praticamentetodos os antiinflamatórios . Acredita-se que AINEs promovem lesão gastroduodenal por dois mecanismos independentes, ou seja, diretamente por efeito tóxico direto, em nível epitelial, sobre os mecanismosde defesa da mucosa gastroduodenal, resultando em aumento da permeabilidade celular, inibição do transporte iônico e da fosforização oxidativa, e, sistemicamente, enfraquecendo os mecanismos de defesaatravés da inibição da cicloxigenase, enzimachave na síntese das prostaglandinas forma, AINEs causam uma redução significativa nos teores de prostaglandinas das mucosas. Sabe-se que as prostaglandinasE e A protegem a mucosa gástrica através destimulantes sobre a produção de muco e secreção de bicarbonato, enquanto aumentam o fluxo sanguíneo mucoso e reduzem o turnover celular. Recentemente, têmsido identificados dois tipos de cicloxigenase (COX): COX-1, com funções fisiológicas estabelecidas, ou seja, quando ativada, promove a produ-ção de prostaciclina que, liberada no endotélio vascular,tem ação antitrombogênica, enquanto, na mucosa gástrica, induz citoproteção, e COX-2, encontrada em macrófagos, fibroblastos e células epiteliais e induzida em locais de inflamação . O reconhecimentodestes dois tipos de cicloxigenase descortina a possibilidade, a ser no futuro estudada, de que inibidores específicos COX-2 reduzam a dor e a inflamação sem lesar o estômago. A prevalência da úlceragástrica em usuários crônicos de AINEs tem variado de 9% a 13%e, da úlcera duodenal, entre 0% e 19%. O risco relativo calculado de um usuário crônico destas drogas desenvolver úlcera gástrica ouduodenal é 46 e 8 vezes, respectivamente, maior que a população norma Os sintomas dispépticos nos usuários crônicos de AINEs são frequentes, se seus efeitos ministração oral ou sistêmica das sendo...
tracking img