Turismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2684 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TECNOLOGIA, INFORMAÇÃO e INCLUSÃO
BR/2008/PI/H/7
V. 2, n. 1, 2008

Acesso do portador de necessidade especial
A UNESCO apresenta Tecnologia, Informação e Inclusão, uma série de folhetos destinada a jornalistas atuantes na mídia comunitária, estudantes e ao público em geral. Seu objetivo é estimular a disseminação de informação e o debate sobre a contribuição das novas tecnologias deinformação e comunicação para o desenvolvimento social no Brasil. A série é composta por vários volumes temáticos apresentados em folhetos que tratam, em linguagem jornalística, de aspectos específicos de cada tema. Os volumes e seus respectivos folhetos são descritos abaixo. A jornalista Thaïs de Mendonça elaborou os folhetos das primeiras quatro séries.
Foto: Thaïs de Mendonça

Na literatura e na TV ospersonagens com deficiência são ressaltados. A mula-manca, a cabra-cega, o corcunda de Notre Dame, os sete anões são figuras incorporadas ao folclore que ganharam apelidos por causa de sua aparência. Até Antônio Francisco Lisboa, o genial Aleijadinho, recebeu o apelido por ser portador de deficiência derivada da hanseníase. Algumas vezes, as pessoas portadoras de deficiência são invisíveis paraos outros – que não os querem ver. Em muitas e muitas ocasiões, entretanto, são encaradas sob o prisma das anomalias. De acordo com estimativa das Nações Unidas, o país tem entre 10 e 15% de pessoas com algum tipo de deficiência. Segundo o Censo do IBGE (2000) o percentual seria de 14%. Acessibilidade é o termo usado para designar a condição de acesso a serviços urbanos das pessoas com deficiência.O conceito de acessibilidade veio evoluindo ao longo do tempo. Num passado não muito distante, as pessoas com algum tipo de deficiência eram escondidas no fundo de casa e mantidas longe dos olhos das visitas. Deficientes visuais usavam óculos escuros, e era muito difícil encontrar alguém na rua em cadeira de rodas. As primeiras idéias destinadas a melhorar a vida dos portadores de deficiência,datadas do final da década de 1940, concentravam-se no esforço de reabilitá-los física e profissionalmente. “Integrar era fazer um portador de deficiência parecer não ter deficiência”, aponta Izabel Maior, dirigente da Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência (Corde). Mais tarde, na década de 1950, com a prática da reintegração de adultos ao mercado de trabalho e àcomunidade a partir da própria família, começou-se a notar que a mobilidade era dificultada e até impedida por questões ligadas à arquitetura dos espaços urbanos. Esta fase de integração durou 40 anos e foi substituída pelo conceito atual de inclusão. Os anos 60 foram marcados pelas primeiras experiências de eliminação de barreiras arquitetônicas nas

Os folhetos foram revisados pela equipe daCoordenação de Comunicação e Informação e pela Assessoria de Comunicação da UNESCO no Brasil. Comentários e sugestões poderão ser enviados a http://www.unesco.org.br/ faleconosco/form_fconosco

VOLUME 1 Acesso às Novas Tecnologias
1.1: Brasil no rumo da inclusão 1.2: O papel das ONGs 1.3: O papel do governo 1.4: Telecentros no país

VOLUME 2 Informação para Todos
2.1: Acesso do portador denecessidade especial 2.2: Telecentros acessíveis 2.3: Acesso muda a vida das pessoas

VOLUME 3 Computador na Escola
3.1: A dura realidade das escolas 3.2: O futuro anunciado 3.3: Tecnologia e aprendizagem

VOLUME 4 Juventude e Internet
4.1: Sonho de jovem inclui emprego e um computador 4.2: Do maracatu atômico ao hip hop digital 4.3: Indígenas recriam a própria imagem em vídeo 4.4: O caso detrês jovens brasilienses 4.5: Ameaça na rede

TECNOLOGIA, INFORMAÇÃO e INCLUSÃO

INFORMAÇÃO PARA T DO FO Ç A TODOS DO

2
universidades norte-americanas. Áreas externas, estacionamentos, salas de aula, laboratórios, bibliotecas, lanchonetes iniciaram um processo de adequação. “Os Estados Unidos tiveram um antiexemplo, o presidente Franklin Roosevelt, que foi vítima de poliomielite em...
tracking img