Turismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7644 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Avaliação do programa nacional de municipalização do turismo: diferentes visões
Metre Leandro Benedini Brusadin (UAM) leandrobrusa@hotmail.com

Resumo

O planejamento do turismo é uma necessidade para o desenvolvimento da atividade que cresce nos últimos anos, baseada em princípios econômicos, entretanto é pertinente analisar as formas e interfases que envolvem o planejamento do turismo noscontextos social, cultural e ambiental de cada comunidade em função de suas especificidades. Pressupostos teóricos da comunicação e da hospitalidade podem auxiliar no planejamento, desenvolvendo formas mais eficientes de participação, uma vez que política e planejamento são termos interdependentes. O Programa Nacional de Municipalização do Turismo (PNMT), implantado no Brasil entre 1994 e 2001,previa uma abordagem comunitária participativa e a formação de Conselhos e Planos de Turismo com uma proposta teoricamente ascendente, cujos fundamentos derivariam das bases da sociedade. O estudo de diferentes visões sobre o desempenho do Programa, tomando por base a perspectiva dos gestores, de pesquisadores vinculados aos meios acadêmicos e dos próprios municípios pode contribuir para oentendimento e aprimoramento de metodologias de planejamento adequado à realidade do Brasil. Palavras-chave: Planejamento; Turismo; Programa nacional de municipalização do turismo – PNMT.

1.

Introdução Os impactos causados pelo desenvolvimento das atividades turísticas, tanto de ordem

positiva quanto negativa, ainda não são suficientemente conhecidos em suas relações com o conjunto das atividadessociais e econômicas presentes no conjunto das sociedades de modo geral. Em alguns momentos são enfatizadas de forma exagerada suas possibilidades econômicas, enquanto em outros são ampliados seus efeitos negativos sobre o meio ambiente e a cultura das localidades. O fato é que o turismo, enquanto prática social da modernidade, possui inúmeras interfaces que talvez nunca venham a sersuficientemente esclarecidas dentro de uma ótica científica. Isso se dá em função de sua vinculação aos projetos políticos que estão na base da organização das sociedades e que se resolvem dentro de processos de negociação onde pesam diferenças de poder das distintas camadas sociais e fatores ideológicos, que não são passíveis de análises científicas puramente racionais. Estas múltiplas interferências fazemcom que a opção pelo turismo passe necessariamente por uma ampla

discussão sobre as formas e possibilidades de planejamento de suas atividades de modo a aumentar os benefícios ao mesmo tempo em que se procuram minimizar impactos e prejuízos nos locais em que se pretende que o turismo se desenvolva. Este artigo relata os resultados da dissertação realizada no Programa de Mestrado em Hospitalidadeda Universidade Anhembi Morumbi. Foi realizado um estudo exploratório qualitativo que visou contribuir para ampliar a compreensão dos elementos envolvidos no planejamento do turismo no Brasil, a partir de diferentes visões e perspectivas derivadas da ótica dos atores que participam do processo, focando de forma específica uma fase do planejamento turístico no país que foi a tentativa deimplantação do Programa Nacional de Municipalização do Turismo (PNMT), ocorrida entre os anos de 1994 a 2001, tendo como perspectiva de análise o desenvolvimento do programa no Estado de São Paulo. 2. Planejamento e Turismo Quando adequadamente planejado, o setor de viagens e turismo no mundo atual pode ser uma oportunidade de novos negócios, promovendo, ainda, a difusão de culturas, distribuindo renda, alémde atuar como ferramenta auxiliar na preservação do meio ambiente e do patrimônio histórico, possibilitando ao homem o acesso ao lazer e ao entretenimento. O turismo, no entanto, não é necessariamente desejável ou viável em todas as localidades. Antes de implementar o turismo cada comunidade deve verificar se dispõe de recursos adequados para desenvolver turismo, se existem mercados de...
tracking img