Turismo no rio grande do sul

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1455 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Turismo no Rio Grande do Sul
O Rio Grande do Sul é um estado com vastas opções de turismo. O estado recebe anualmente cerca de 2,0 milhões de turistas de fora do país. As praias do litoral norte na cidade de Capão da Canoa, Tramandaí e Torres são as mais conhecidas no estado, esta última apresentando falésias. São três pedras que ficam na beira do mar, sendo que uma delas avança mar a dentro emuma altura de 30 metros. As serras atraem milhares de turistas todos os anos, no inverno e verão. Na conhecida como "Pequena Itália", em que se localizam as cidades de Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Garibaldi, podem-se encontrar as melhores vinícolas do Brasil. Ainda a oeste, se encontram as Missões Jesuíticas, na cidade de São Miguel das Missões e arredores. No Vale do Caí, região decolonização alemã, próximo a Porto Alegre, as cidades de Montenegro, São José do Hortêncio,Feliz, Salvador do Sul, Marata, Bom Princípio.
Turismo Paleontológico


Projetos
As grandes descobertas realizadas não foram suficientes para mobilizar as autoridades no uso da região para o Turismo Paleontológico. Mais de 25% da área do Estado do Rio Grande doSul esta no geoparque, com mais de 30 municípios envolvidos e8% da população do Estado.
Atualmente menos de 10 mil turistas visitam o geoparque por ano. Se cada gaúcho visita-se a região uma vez na vida, teríamos 150 mil turistas anuais. Isso mostra que o turismo esta sendo subaproveitado e se compararmos com os 3 milhões que visitam anualmente Gramado e Canela, os números ficam medíocres. Secompararmos o que cada turista gasta durante uma viagem, percebemos um gigantesco prejuízo de centenas de milhões com a perca de receita em impostos e geração de empregos na região.
Falta às autoridades se envolverem para ativar o Turismo Paleontológico. É necessário o investimento de dinheiro público em projetos. O projeto Rodovia dos Dinossauros garantiria a circulação de turistas e o retornodeste investimento seria através dos impostos.
Serra gaúcha
As cidades de Gramado e Canela são conhecidas na época de Natal pela decoração das cidades, juntamente com os parques natalinos. No inverno, os turistas visitam essas cidades juntamente com São José dos Ausentes e Cambará do Sul, devido às temperaturas baixas, freqüentemente negativas e com a possibilidade de queda de neve. Nas mesmas seencontram os cânions de Itaimbezinho e da Fortaleza, os quais são dos maiores do Brasil. Em Gramado acontece o Festival de Cinema.Existem vários roteiros turísticos consolidados na região de colonização italiana, com uma variedade de opções que vão do turismo ecológico e esportivo ao gastronômico e histórico-cultural. A região é rica em edificações históricas dos imigrantes, tem uma culinária fartae saborosa, festas tradicionais como a Festa da Uva atraem multidões, e o cenário natural é acidentado e atraente, próprio para caminhadas e excursões ou mesmo esportes

Arquitetura com inspiração germânica em
Gramado, RS

Museu Ambiência Casa de Pedra, instalado em uma residência do fim do século XIX, então na zona rural

Caxias do Sul, RS

Cascata do Caracol
Canela,RS
Lago Negro,
Gramado, RS

Vale dos pinheiros
Também nas serras do estado, em Bento Gonçalves e Garibaldi, se localizam a maior concentração de produtores de vinho do país. Mais ao sul, na região da Campanha, está situado a segunda mais importante área produtora. As vinícolas gaúchas são premiadas internacionalmente, em razão da alta qualidade deseus vinhos e espumantes.[carece de fontes]
O estado é privilegiado pela sua condição geo-climática, estando situado no início da faixa entre os paralelos 30° e 50°, considerada ideal para a produção de uva vinífera. Isso lhe permite a produção de cepas nobres de uvas européias, como Merlot, Chardonnay e Cabernet Sauvignon, entre outras. A uva e o vinho gaúchos são produzidos sob as melhores...
tracking img