Tunisia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4435 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL
CPAQ UNIDADE II




CURSO: GEOGRAFIA LICENCIATURA – 1º SEMESTRE
DISCIPLINA: HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA








Lívia Maciel
Rayane E. Facincani
Valesca Alcássio










TUNÍSIA


















AQUIDAUANA – MS
JUNHO/2012Lívia Maciel
Rayane E. Facincani
Valesca Alcássio














TUNÍSIA












































AQUIDAUANA – MS
JUNHO/2012
1. Introdução
A Tunísia é um país da África do Norte, possui 1.300 Km de praias e pequenas ilhas espalhadas pelo litoral. É um país de grande belezacênica e mais de 3.000 anos de história, desde a fundação de Cartago, em 814 a.C.
O território foi ocupado por muitos povos, passou pelo domínio dos fenícios, romanos, vândalos, bizantinos, árabes e franceses, cujas influências são percebidas nas construções, algumas delas ainda intactas. Por todas as cidades, encontram-se mesquitas de beleza incomparáveis, além de monumentos romanos como osegundo maior coliseu romano, de Eljem. Existem cidades prósperas no deserto do Saara, como Tozeur e Nefta, e belas praias mediterrâneas com plantações de palmeiras.
A Tunísia situa-se entre a Líbia e a Argélia, na costa mediterrânea africana. Suas montanhas na região norte – algumas com mais de 1.500 m de altitude – são entremeadas por vales e planícies férteis. Caminhando em direção ao suldo país, as montanhas dão lugar a um planalto que, gradualmente, perde altitude até alcançar uma série de lagos de água salgada. A metade sul do território tunisiano faz parte do deserto do Saara. O norte do país possui um clima mediterrâneo que se torna gradativamente mais quente e seco à medida que se caminha em direção ao sul.
Aproximadamente 10 milhões de pessoas vivem na Tunísia e 63%da população concentra-se nos centros urbanos. Túnis é a capital e a maior cidade do país, com cerca de 700 mil residentes. Quase três quartos da população habitam as regiões costeiras, enquanto os desertos ao sul abrigam somente 30% dos tunisianos, apesar de compreender 70% do território. Etnicamente, a maioria da população é árabe, mas há a presença de minorias berberes e européias.Aproximadamente um terço dos habitantes possui idade inferior a 15 anos. A educação é gratuita e a Universidade de Túnis tem mais de 100 mil estudantes. Apesar disso, mais da metade da população adulta não possui educação formal e o índice de analfabetismo chega a quase 30%.
Como a maioria dos países localizados no norte da África, a economia da Tunísia é dominada pelo petróleo. O subemprego e odesemprego, cuja taxa é estimada em 13%, são graves problemas sociais. A renda per capita do país é de US$ 2 mil por ano.


2. História - Colonização da Tunísia
A Tunísia foi, desde sempre, um país disputado por inúmeros povos. Os primeiros a estabelecerem-se teriam sido os berberes, um povo nômade do Norte de África, há mais de 5000 anos, mas o país viria a fazer história apenas com achegada dos fenícios, em 814 a.C. Com o passar dos séculos, vários fluxos migratórios se estabeleceram na Tunísia, trazendo suas tradições e costumes, criando assim uma intensa mistura étnica.
Durante séculos, homens e idéias chegaram ao noroeste da África através da Tunísia. Os fenícios iniciaram o império cartaginês em cerca de 1.100 a.C. Segundo a tradição, a famosa cidade de Cartago foifundada perto da atual Túnis, aproximadamente em 814 a.C.
Mais de seis séculos passados, a riqueza da cidade atrai a atenção do Império Romano, que acaba por invadir a colônia púnica. Durante quase 100 anos, Cartago e Roma lutaram para obter o controle do mar Mediterrâneo, esses conflitos receberam o nome de Guerras Púnicas e terminaram com a total destruição de Cartago sem piedade, e os...
tracking img