Tumores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2009 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tumores do Pescoço
(massas cervicais)

Como devemos reconhecê-los e como interpretá-los ?
Quando uma pessoa está com um "caroço" no pescoço, deverá sempre se lembrar das duas grandes possibilidades: ser uma doença benigna (a grande maioria) ou maligna. Os nódulos cervicais ("caroços" ) podem ser divididos de uma forma didática em 4 tipos:

 Normais
 Congênitos
 Inflamatórios
Tumorais

 Normais:
O "caroço" normal é representado por nódulos linfáticos (conhecido em termos médicos como linfonodo e popularmente de gânglios ou "ínguas") que participam da defesa imunológica do indivíduo e apresentam-se com: superfície lisa, de forma elíptica e consistência elástica. Ele é móvel, indolor ou doloroso e obedecendo a uma certa simetria. Com estas características é comum oaparecimento em crianças à partir da 6.ª semana de vida, devido à presença de seborréia de couro cabeludo ou pequenos ferimentos de face Crianças com menos de 12 anos de idade apresentam "caroço" no pescoço, na região inguinal ou nas axilas com alta freqüência; não são considerados patológicos se não estiverem apresentando crescimento e a criança estiver em bom estado geral, sem febre ouemagrecimento. Aqueles localizados na nuca ou atrás da orelha quase nunca podem ser considerados como uma doença. 

Nas crianças acima de 12 anos, "caroço" atrás da orelha pode estar associado às viroses, comuns nesta faixa de idade, principalmente a rubéola, varicela e também, nas infecções bacterianas, tais como, escarlatina e impetigo. 

 Congênitos:
Os "caroços" no pescoço presentes desde onascimento ou diagnosticados em crianças podem ser congênitos, isto é defeitos ocorridos durante a gestação. Os mais comuns são: 

 Cisto Dermóide:estão situados na linha média do pescoço, podem conter pelos, são de crescimento lento, indolores e algumas vezes, podem apresentar sinais de inflamação. São tratados por cirurgia; 

 Cisto do Ducto Tireoglosso:São restos embrionários relacionados àorigem da glândula tireóide. Aparecem como nódulos na linha mediana anterior do pescoço, podem sofrer processo de distensão e de esvaziamento, com ou sem processo inflamatório. 

São móveis com a deglutição e às vezes acompanham os movimentos da língua para a frente. Após infecções de vias aéreas superiores pode haver obstrução do ducto tireoglosso persistente e pode causar a formação de cistoinfectado. Pode apresentar orifício cutâneo por fistulização secundária, infecção ou drenagem cirúrgica, aonde pela compressão, saem gotículas de líquido esbranquiçado ou turvo. Necessitam ser tratados por cirurgia. (Figura 1). 

 

Cisto Branquial:
São arredondados, lisos, elásticos, indolores e situados profundamente na área lateral do pescoço, podem aumentar de tamanho durante infecções degarganta, acompanhados de dor e ruptura para a pele, provocando uma fístula. Podem também, desde o nascimento, já se apresentarem como uma fístula que dá saída à pequena quantidade de líquido para a pele do pescoço. Necessitam ser tratados por cirurgia (Figuras 2 e 3). 

  

Hemangiomas:
sendo usualmente notados no período neonatal como massa mole, cística, indolor de cor vinhosa, com ou sempulsação. Representam tumores caracterizados por novelos de veias de calibre variável. Costumam regredir espontaneamente até o segundo ano de vida. 

Higroma Cístico:
é um tumor benigno constituído de espaços linfáticos dilatados, cheios de fluído claro, ocorrendo mais em crianças, de características multiloculados, de consistência mole, situados geralmente no triângulo posterior da face lateraldo pescoço e na região próxima à parte inferior da mandíbula. 

 Inflamatórios:
Os "caroços no pescoço" de origem inflamatória, muito embora representem a maioria dos casos, pois nada mais são do que a tradução clínica de uma doença geral ou localizada ou de uma manifestação normal do sistema imunológico. Para tanto podem ser didaticamente classificados em: não infecciosos e infecciosos e...
tracking img