Tudo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1143 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sobre a Ciência Experimental
Roger Bacon (1214-92)
Opus Maius (1268), parte VI: “De Scientia Experimentali”. Baseado na tradução inglesa que aparece em Thatcher, O.J. (org.), The Library of Original Sources, University Research Extension Co., Milwaukee, 1901, vol. V, pp. 369-376, disponível na internet no site http://www.fordham.edu/ halsall/source/bacon2.html . Há também uma tradução diferentede trechos em Crombie, A.C. (1953), Robert Grosseteste and the Origins of Experimental Science 1100-1700, Clarendon, Oxford, pp. 140-2. Tradução feita para o curso de Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência I (FLF0366), prof. Osvaldo Pessoa Jr., 2o semestre de 2010.

Tendo delineado os principais pontos da sabedoria dos latinos com relação à linguagem, matemática e óptica, desejo agorarever os princípios da ciência experimental, pois sem a experiência é impossível conhecer algo de maneira suficiente. Há dois modos de se adquirir conhecimento: uma pela razão e outra pela experiência. O raciocínio leva a uma conclusão e nos compele a aceitá-la, mas não torna a conclusão segura, nem remove a dúvida para que a mente possa descansar na intuição da verdade, a não ser que a menteencontre a certeza pelo caminho da experiência. Muitos têm argumentos sobre o que pode ser conhecido, mas, por não terem tido experiência, eles negligenciam os argumentos e não evitam o que é danoso, nem seguem o bom caminho. Pois se um homem que nunca viu o fogo pudesse provar, por raciocínios adequados, que o fogo queima, que devora e destrói coisas, mesmo assim sua mente não estaria satisfeita e nemevitaria o fogo, até que pusesse neste sua mão ou alguma coisa combustível, de forma a provar pela experiência o que o argumento ensinou. Mas, depois da experiência da combustão, sua mente se assegura e se acalma na certeza da verdade. Portanto, argumento não basta, mas experiência sim. Isso é evidente até na matemática, onde a demonstração é a mais segura. A mente de um homem que recebe a maisclara das demonstrações sobre um triângulo equilátero nunca irá guardar a conclusão ou agir sobre ela até que obtenha confirmação pela experiência, por meio da intersecção de dois círculos iguais, cada qual passando pelo centro do outro, e de cuja intersecção linhas são traçadas para os seus centros. Aceita-se então a conclusão sem dúvida. O que Aristóteles fala da demonstração pelo silogismo, deque ela pode fornecer conhecimento, pode ser entendido se ela for acompanhada pela experiência, mas não se for uma demonstração pura. [...] Autores escrevem muitas coisas e as pessoas acreditam nelas através de argumentos formulados sem experiência, que são completamente errados. [...] Acredita-se popularmente que água quente em um recipiente congela mais rapidamente do que água fria, e o argumentopara isso é que os opostos se atraem, como inimigos que se encontram. Mas é certo que água fria congela mais rapidamente, para qualquer um que tenha feito o experimento. As pessoas atribuem isso a Aristóteles, no segundo livro do Meteorológica, mas ele certamente não afirmou isso, apesar de ter afirmado algo parecido, o que levou elas a se enganarem: se tanto água fria quanto quente forementornadas no gelo, a água quente congela mais rapidamente, o que é verdade; mas se forem colocados em dois recipientes, a fria congela mais rápido. É preciso então provar tudo pela experiência. [...]

Como esta ciência experimental é um estudo completamente desconhecido por parte das pessoas comuns, eu não as posso convencer de sua utilidade, a não ser que se mostrem suas virtudes e características.Isso nos permite mostrar com segurança o que pode ser feito através da natureza, através da arte, através da fraude; qual é o propósito e o que é mero sonho no azar, na conjuração, em invocações, imprecações, sacrifícios mágicos e o que há neles; de forma que toda falsidade possa ser retirada e apenas as verdades da arte mantidas. Isso nos ensina a examinar todas as ideias malucas dos mágicos,...
tracking img