Tuberculose pulmonar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2147 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice

Introdução pag.3

O que é a tuberculose pulmonar pag.4

Sintomas pag.5

Classificação da tuberculose pag.5

Exames de diagnostico pag.6

Papel do enfermeiro pag.7

Cuidados de enfermagem pag.8

Conclusão pag.12


Bibliografia pag.13
Introdução


Atuberculose é uma doença evitável que mata mais de dois milhões de pessoas por ano e infecta aproximadamente mais 8.8 milhões.
Entre estes, 400.000 sofrem de tuberculose multirresistente (MDR-TB).
O surto epidémico de tuberculose multirresistente, reuniu as três ameaças ao controlo da tuberculose: a propagação rápida, a co-infecção HIV e a resistência aos medicamentos.
Amobilização dos enfermeiros é crucial para aumentar proporcionalmente a prevenção, os cuidados aos doentes e o tratamento.


Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina médico-cirúrgica, no 2º ano da licenciatura em enfermagem com um intuito de entender a tuberculose pulmonar e esclarecer os cuidados de enfermagem relativos e esta patologia.
Como alunos de enfermagem efuturos profissionais este tema revela-se de extrema importância, para que possamos contribuir para uma melhor prestação de cuidados.

























O que é a tuberculose pulmonar?


A tuberculose pulmonar é uma doença infecciosa causada por um microrganismo chamado Mycrotacterium Tuberculosis, mais conhecido por bacilo de Koch.
Normalmenteafecta os pulmões, contudo pode espalhar-se através da corrente sanguínea para tecidos mais distantes onde a doença se possa desenvolver: cérebro, rins, ossos.
Dissemina-se quando uma pessoa com tuberculose activa fala, tosse, espirra ou canta, pois caem gotículas pequenas que se evaporam, deixando núcleos de gotículas que permanecem indefinidamente suspensas no ar e são transportadaspelas correntes de ar, por isso a tuberculose pode ser transmitida pela inalação de gotículas contaminadas.
Nem todos os indivíduos que entrem em contacto com doentes tuberculosos são contagiados.
Quando um indivíduo sem prévia exposição à tuberculose (tenha prova negativa à tuberculina) inala um número suficiente de bacilos da tuberculose que se instalam nos alvéolos pulmonares,desencadeia-se uma infecção tuberculosa.
A reacção do organismo depende da susceptibilidade do indivíduo, da dose e da virulência dos organismos. As crianças, os idosos e as pessoas muito debilitadas por outras doenças têm maior probabilidade de contrair a infecção. A reacção do organismo ao bacilo da tuberculose depende da susceptibilidade individual, da quantidade e da virulência dosmicrorganismos. Dentro dos alvéolos pulmonares (parênquima) ocorre a inflamação e as defesas naturais do organismo lutam contra a infecção.

















Sintomas:

• Dores no tórax; dispeneia


• Febre


• Hemoptise


• Tosse intensa e prolongada


• Existência e persistência de suores nocturnos


• Falta de apetite, anorexia• Perda de peso, lenta e progressiva.


• Cansaço fácil













Classificação da tuberculose


|Classe |Descrição |
|0 |Não há exposição á TB, não há infecção|
|1 |Exposição á TB, sem sinais de infecção |
|2 |Infecção de TB, sem doença |
|3 |TB: doença corrente (pessoas com diagnostico comprovado)...
tracking img