Trovadorismo, gil vicente, o barroco, poetas do arcadismo ...

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3428 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Capítulo:Literatura Portuguesa: do Trovadorismo a Gil Vicente





Portugal e Espanha, localizam-se na Península Ibérica, situada na Europa, portanto, tiveram origens semelhantes, essa localização influenciou fortemente os escritores portugueses.
O português é uma língua derivada do latim, idioma falado pelos romanos, que conquistou a Península Ibérica, e impôs a sua cultura idioma eetc, a isso, dá-se o nome de processo de romanização.
O idioma português surgiu da mistura do latim vulgar com uma língua falada na região chamada Lusitânia.
Costumam datar a início da literatura portuguesa em 1189 ( ou 1198), que, segundo alguns estudos, foi o período em que o primeiro texto literário ( em galego-português) teria sido escrito, texto chamado a Cantiga de Guarvaia, tambémconhecido como a cantiga da Ribeirinha.
Durante o período das guerras de reconquista, Portugal conquistou uma nação independente, em 1143, depois prosseguiu e conseguiu ampliar seu território, e chegou a reconquistar Lisboa, na guerra contra os mouros. Portugal definiu sua configuração territorial nos séculos XII e XIII, durante a Idade Média.
Durante a Idade Média predominou o feudalismo,que se caracterizava por serem grupos sociais fechados, o que significa que a mobilidade social quase não existia , e também pela rígida hierarquização, e relações como a de suserania e vassalagem. Nesse período a economia era voltada para agricultura, as terras pertenciam aos nobres e ao clero, os castelos e as casas senhoriais eram pontos de referência nas cidades. As terras era cultivadas pelosservos, a serviço dos senhores feudais.
Aos poucos foram surgindo os burgos (cidades) , em função da atividade comercial e é incentivado a atividade marítima , influenciando novos aspectos para sociedade portuguesa.
O trovadorismo que atinge seu apogeu na segunda metade do século XII, foi influenciado pela poesia Lutúrgico-cristã, marcada pela cultura árabe , e resulta de uma longa tradiçãoda população ao decorrer dos séculos.
A poesia provençal foi a que mais se destacou, criada em cortes eram política e culturalmente relacionadas a Provença, que por alguns fatores ocasionaram o predomínio dessa poesia trovadoresca na sociedade portuguesa.
Haviam os trovadores e os cancioneiros, que recitavam as cantigas, eram chamadas de cantigas, canções, cantos, pois recebiaacompanhamento musical, de diversos instrumentos, haviam diversas categorias de artistas, entre elas: o trovador; o poeta fidalgo que compunha as canções e recitava-as, o jogral; ele não compunha canções e nem as recitava-as, mas se apresentava como bailarino, bobo da corte e etc, o Segrel; o trovador profissional, que compunha e se apresentava nas cortes, o menestrel; o musico e poeta ligado a corte queficava a serviço de um príncipe.
As cantigas são conhecidas por nós, devido a um tipo de coleções de cantigas, que reúne artistas não só portugueses, mas de regiões da península Ibérica, chamada de Cancioneiros.
Entre alguns poetas, esses são alguns que se destacaram: Paio Soares de Traveirós; escreveu o primeiro texto da literatura portuguesa em galego- português, a Cantiga da Guarvaia, JoãoGarcia de Guilhade; conhecido como poeta dos “olhos verdes”, com seus poemas bem originais, Don Dinis, o Rei-Trovador; mesmo com a vida de guerreiro agitada, o sexto rei de Portugal arranjou tempo para escrever suas cantigas, autor com maior número de poemas (138).
As cantigas podiam ser de dois tipo, líricas e as satíricas. As líricas se dividiam em cantigas de amor, e cantigas de amigo. Ascantigas de amor: principais características: eu lírico masculino, ausência do paralelismo de par de estrofes e do leixa-pren (recurso estilístico característico das cantigas de amigo galego-portuguesas, predomínio das idéias, assunto principal: o sofrimento amoroso do eu lírico perante uma mulher idealizada distante., amor cortês, forte influencia provençal. Cantigas de amigo: eu lírico feminino,...
tracking img