Trovadorismo em portugal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1979 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trovadorismo em Portugal
Momento histórico
Os historiadores costumam limitar o Trovadorismo entre os anos de 1189 (ou 1198?) e 1385. Mais importante que essas datas convencionais é saber que o Trovadorismo corresponde à primeira fase da história portuguesa ao período da formação de Portugal como reino independente. É o período literário que reúne basicamente os poemas feitos pelos trovadorespara serem cantados em feiras, festas e nos castelos durante os últimos séculos da Idade Média. É contemporâneo às lutas pela independência e ao surgimento do Estado português e à dinastia de Borgonha, subdivide-se em três categorias: cantigas de amigo, cantigas de amor e cantigas de escárnio e maldizer. Chegaram até nós três coletâneas de poesias: o Cancioneiro da Vaticana, o Cancioneiro daBiblioteca Nacional e o Cancioneiro da Ajuda, todos eles contendo composições que vão do século XII ao século XIV. Os trovadores mais famosos foram o rei Afonso X de Castela e o rei D. Dinis de Portugal.
Primeira fase da história de Portugal - séculos XII a XIV
1095 O rei Afonso VI, de Leão e Castela, concede o condado Portucalense a seu genro Henrique de Borgonha
1109-1385 Dinastia de Borgonha.Declínio do Feudalismo
1139 D. Afonso Henriques, filho e sucessor de Henrique de Borgonha, após vencer os mouros em batalha declara a independência de Castela (tratado de Zamora).
1143 Reconhecimento da independência de Castela (tratado de Zamora )
1385 Fim da Dinastia de Borgonha. Revolução de Avis; D. João I é aclamado rei de Portugal; início da dinastia de Avis.
Trovadorismo
É o conjuntodas manifestações literárias contemporâneas à primeira dinastia - a dinastia de Borgonha (1109-1385) Alguns aspectos da história da Península Ibérica são importantes para entendermos certas características das manifestações literárias desse período:

a) O feudalismo, já em declínio, terá reflexos até mesmo na linguagem da poesia amorosa, como veremos adiante. As cortes dos reis e dos grandessenhores feudais são os centros de produção cultural e literária.
b) A reconquista do território, dominado pelos árabes desde o século VIII, faz prolongar, na nobreza ibérica, o espírito guerreiro e aventureiro das Cruzadas. Daí o gosto tardio em Portugal pelas novelas de cavalaria.
c) Por último, o profundo espírito religioso medieval e teocêntrico refletirá tanto nas já citadas novelas decavalaria como na poesia de temática religiosa (Cantigas de Santa Maria, de D. Afonso X) e nas hagiografias (vidas de santos) e obras de devoção.
Cronologia do Trovadorismo

Início: 1189 (ou 1198?) Provável data da Cantiga da Ribeirinha, de Paio Soares de Taveirós. Supõe-se que esta seja a mais antiga das composições conservadas nos cancioneiros. Outras cantigas disputam essa primazia.
Término:1385 Fim da dinastia de Borgonha
Caracteristica da cantiga de amor
Voz lírica masculina.
Tratamento dado á mulher: mia senhor.
Expressão da vida e da corte.
Idealização da mulher.
Vassalagem amorosa.
Expressão de coita- Dor, sofrimento.
Caracteristica da cantiga de amigo
Voz lírica feminina.
Tratamento dado ao namorado: amigo.
Expressão de vida campestre.
Amor realizado ou possível.Cantigas satiricas
ESCÁRNIO
Indiretas.
Uso de irônia.
MALDIZER
Diretas.
Intenção difamatória( xingamento e palavrões).
Renascimento em Portugal
O Renascimento em Portugal refere-se à influência e evolução do Renascimento[->0] em Portugal, de meados do século XV[->1] a finais do século XVI[->2]. O movimento cultural[->3] que assinalou o final da Idade Média[->4] e o início da IdadeModerna[->5] foi marcado por transformações em muitas áreas da vida humana.
Embora o Renascimento italiano[->6] tenha tido um impacto modesto na arte, os portugueses foram influentes no alargamento da visão do mundo dos europeus,[1] estimulando a curiosidade humanista[->7].
Como pioneiro da exploração europeia[->8], Portugal floresceu no final do século XV com as navegações para o oriente, auferindo...
tracking img