Tropas, tropeiros e cargueiros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4030 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TROPAS, TROPEIROS E CARGUEIROS PELO CAMINHO DO MAR, ATRAVÉS DA BORDA DO CAMPO EM SÃO PAULO, SÉCULOS XVIII/XIX.



Luiz Carlos de Souza *



Resumo


O Tropeirismo marcou fase de grande importância na História do Brasil. Se os bandeirantes alargaram as fronteiras, os tropeiros as integraram, especificamente ao longo da trilha do Caminho do Mar, através da Borda do Campo em São Paulo,ajudaram a transportar a produção açucareira proveniente da cidade de Campinas, para exportação no Porto de Santos e de lá para o mercado internacional. Imagem romântica, heróica, êmula do bandeirante tem sua figura pouco integrada ao campo, menos ainda a cidade. A importância do tropeirismo na ligação Planalto Paulista - Litoral deve ser resgatada pelo que se tornou, hoje, a região que compreendeo grande ABC.


Palavras chave (Tropeiro – Caminho do Mar – Planalto Paulista-Litoral)

Abstract

The muleteerism marked a phase of great concern in the History of Brazil. If the bandeirantes widened the boundaries, the muleteers integrated them, specifically along the trace of Way to the Sea, across Edge of the Field in Saint Paul, they helped to carry the sugar dealer proceeding fromMeadows city, to exportation in Port of Santos and from that place to the international market. Romantic, heroic and emulous images of bandeirante has his figure a little integrated to the field, still less the city, but the importance of muleteerism in the joining Paulista Plateau – Coast must be ransomed through it has became, today, the region that comprises Big ABC.

Keywords (muleteer – Way tothe sea – Paulista plateau- Coast)

Pretende-se neste artigo apresentar o tropeirismo através da Borda do Campo na região do atual grande ABC, no auge do transporte da economia açucareira proveniente de Campinas em meados do Século XVIII a meados do Século XIX. Para construção desse panorama fez-se um corte no tempo, priorizou-se um período de 113 anos (1747 a 1860), periodização de 1747,quando já se podia realizar o percurso da serra a cavalo, porém apeando pôr três vezes. Depois de três horas, vencia-se a subida da serra de Paranapiacaba, seguindo a trilha, o pernoite geralmente era feito no rio dos Couros. No dia seguinte, prosseguiam a jornada pela Borda do Campo, para entrar em São Paulo.
Com a descoberta do ouro nas Minas Gerais, a Capitânia de São Paulo estagnou,despovoou-se de tal maneira que em 1758 passou a ser Comarca do Rio de Janeiro. A restauração se deu em 1765, a partir do governo de D. Luiz Antônio de Souza Botelho, o Morgado Mateus que visualizou na cana – de – açúcar um empreendimento para restauração da Capitânia de São Paulo, a qual jazia em grande pobreza, readquirindo assim sua autonomia administrativa com a agricultura canavieira objetivandomaior lucro para a coroa portuguesa.
Segundo Maria T. S. Petrone a cultura canavieira era muito insignificante em meados do século XVIII, apesar de um certo florescimento já no século XVI, na baixada Santista, onde Martim Afonso de Souza, segundo tudo indica, fundou o primeiro engenho no Brasil, tendo logo em seguida, surgido mais de uma dúzia de engenhos. ¹
A cultura canavieira estagnou e atédecaiu, principalmente porque as condições geográficas impunham uma limitação natural e também porque o açúcar vicentino não podia concorrer com o do litoral do nordeste, que tinha a seu favor extensas áreas propicias ao plantio e a maior proximidade da corte.
Em meados dos setecentos momentos em que o interior de São Paulo se tornou produtor em quantidade suficiente, o açúcar paulista apareceucomo produto importante exportado pela Capitânia. “Este momento surge quando o preamento de índios e a busca de ouro não apresentavam mais suficiente interesse econômico e os paulistas resolveram procurar na agricultura o seu modo de vida”. ²
Nos fins do século XVIII e na primeira metade do século XIX, os centros produtores de açúcar e de aguardente em São Paulo localizavam-se parte no litoral...
tracking img