Triviños

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3159 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais:  a pesquisa qualitativa em educação. 3 ed. São Paulo: Atlas, 1992.

Autores:
Amanda Aparecida
Elisângela
Leonardo
Marileide
Tatiane Patrícia
1 INTRODUÇÃO


Nesta resenha pretendemos, em geral, analisar os conceitos fundamentais das principais correntes do pensamento. Primeiramente analisaremos opositivismo, o que é positivismo, qual a sua visão de homem e mundo, e quais as influências que ainda hoje persistem da linha positivista. O fundador dessa linha de pensamento é Augusto Comte, baseada nos dados da experiência como a única verdadeira, negando outra realidade que não seja a dos fatos que podem ser observados.
Logo em seguida, falaremos da fenomenologia, procurando destacar seus aspectosimportantes, contextualizando seu surgimento e que influências teve e ainda tem até a atualidade. Essa corrente teve como grande mérito o de ter questionado os conhecimentos do positivismo, elevando a importância do sujeito no processo de construção do conhecimento. 
O marxismo é a última corrente a ser analisada, destacando suas principais características, e como esta linha de pensamento marxistaestá relacionada com os dias atuais. Certamente a teoria marxista será a linha em que mais trabalharemos, visto que essa está comprometida com um projeto de transformação da realidade social, visando uma idéia global   sobre  a  realidade. Com   ênfase  a  estas  colocações, o  artigo  tem  a  intenção  de demonstrar como essas três correntes se constituem, destacando os traços fundamentais quedistinguem o positivismo, a fenomenologia e o marxismo.

2 DESENVOLVIMENTO           
O fundador do positivismo foi Augusto Comte, não nasceu espontaneamente no século XIX, suas raízes podem ser encontradas já na Antiguidade. É uma tendência dentro do Idealismo Filosófico e representa nele uma das linhas do Idealismo Subjetivo. Tem por base a exaltação dos fatos, sendo uma reação à filosofiaexpeculativa e sua especulação pura. O termo identifica a filosofia baseada nos dados da experiência como a única verdadeira. O conhecimento se afirma numa verdade comprovada, sendo assim considerado o método experimental o caminho para o pensamento científico, a verdade comprovada jamais é questionada. O positivismo, uma corrente filosófica, caracteriza-se por três preocupações principais comodestaca no trecho do livro:
[...] “lei dos três estados” que marcariam as fases da evolução do pensar humano: teológico, metafísico e positivo);. uma fundamentação e classificação das ciências (Matemática, Astronomia, Física, Química, Fisiologia e Sociologia); e a elaboração de uma disciplina para estudar os fatos sociais, a Sociologia que, num primeiro momento, Augusto Comte denominou físicasocial. (Triviños, 1987, p. 33).
O positivismo rejeita o conhecimento metafísico, devendo limitar-se ao conhecimento positivo, aos dados imediatos da experiência. Defende a idéia de que tanto os fenômenos da natureza como os da sociedade são regidos por leis invariáveis.
                       Facilmente se observa que a filosofia positiva se colocou no extremo oposto da especulação pura, exaltando,sobretudo, os fatos.
            Considerar a realidade como formada por partes isoladas, de fatos anatômicos, segundo a expressão de Russel e Witgenstein, é uma das características que mais têm pesado sobre a prática da pesquisa na educação. Pois a visão isolada dos fenômenos sociais, oposta à idéia de integridade e de transformação dialética, permitiu que nossos pesquisadores realizassemestudos, por exemplo, sobre o fracasso escolar, desvinculando de uma dinâmica ampla e submetidos a relações simples, sem aprofundar as causas. Não era feito um estudo mais aprofundado, desconsiderando todo o contexto. A evasão na primeira série surgia como relacionada com os anos de magistério dos professores, com seu grau de formação profissional, seu nível sócio econômico etc. Para o positivismo...
tracking img