Tribologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1427 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tribologia
“Aspectos de desgastes e sua funcionabilidade através de máquinas e equipamentos”.

Manutenção Industrial – Prof. ROBERTO OUTA
Tiago dos Santos
Paulo Ricardo Marinho
- Faculdade de Tecnologia - Noturno - 6° Semestre

Palavras-chave: (desgaste, atrito, tribologia, equipamentos, máquinas,)

Título da Pesquisa(Tribologia “Aspectos de desgastes e sua funcionabilidade através de máquinas e equipamentos”).

Resumo
Este trabalho tem como objetivo discutir a influência da tribologia na funcionabilidade de máquinas e equipamentos.

Introdução

A tribologia é a ciência do atrito, ou a ciência e tecnologia de superfícies atuantes em movimento relativo e todos os fenômenos daí decorrentes. O estudo doatrito, desgaste, lubrificação e mecânica de contato são todas as peças importantes da tribologia. Essa ciência proporciona uma análise real das condições de um equipamento e propõe a utilização de alguns métodos que possam diminuir a frequência de desgastes em equipamentos, causados pela força de atrito.
O desgaste é um processo de degradação de um material quando em serviço. Está presente emdiferentes situações, onde ocorre a perda progressiva de material a partir da superfície, por contato ou movimento relativo de um sólido, em relação a outro sólido, líquido ou gás. Assim, equipamentos com partes móveis, como mancais de deslizamento, rotores de bombas, válvulas tipo esféricas e, sofrem desgaste. Como resultado, as empresas gastam um enorme montante de dinheiro com a recuperação depeças, recuperação de equipamentos e perdas de produção. Antes de propor uma solução para um problema de desgaste é necessário identificar-se o tipo ou modo de desgaste causando o problema.

Tipos de desgastes:

1. Desgaste por abrasão

Desgaste produzido por partículas duras ou protuberâncias forçadas contra e movendo-se ao longo de uma superfície sólida. O termo duro significa que a substânciaproduzindo o desgaste é realmente mais dura que a superfície sendo danificada por desgaste. Um qualificador adicional é que as partículas que causam o desgaste usualmente têm cantos agudos para produzir um corte ou ação cisalhante no sólido que está sendo submetido ao desgaste. O desgaste por abrasão pode ainda ser dividido em duas categorias: desgaste por abrasão em alta e em baixa tensão.

2.Cavitação

Cavitação é a perda progressiva de material de um sólido devido a ação de bolhas em um líquido colapsando próximo a superfície deste sólido. Cria jatos de líquidos muito pequenos para preencher o espaço vazio. Pode causar a remoção de camadas passivas levando a um mecanismo combinado de corrosão. Existe um período de incubação e após um regime estável. Metais que tem um alto limitede resistência e uma camada passiva tenaz são os mais resistentes.
Exemplos. Qualquer sistema de bombeamento ou propulsor. Propulsores de navios, tubulações, sistemas de mistura, agitadores ultra sônicos.

3. Desgaste Oxidativo

Superfícies deslizantes reagem com seu ambiente para formar filmes de óxidos que separam as superfícies e mantém a taxa de desgaste baixa. Observado comumente entreaços num sistema não lubrificado e com baixa carga. Desgaste oxidativo inicia com adesão, e a taxa de remoção é relativamente alta. A medida que os filmes de óxido se formam, as taxas de desgaste diminuem Também chamado “mild wear“.
Lubrificação.
Exemplos: Sistemas deslizantes secos, partes deslizantes em máquinas ferramenta, partes deslizantes em fornos, componentes difíceis de lubrificar, etc.4. Fadiga Superficial

Pode ocorrer em inúmeros processos, como por exemplo, cavitação e fretting. Pitting é definido como a remoção ou deslocamento de material por uma ação de fadiga para formar cavidade na superfície. Esforços repetitivos por deslizamento ou rolamento causam trincas subsuperficiais que crescem em direção a superfície para produzir uma fratura em uma área local da...
tracking img