Tribologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4034 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRIBOLOGIA
I – BOMBAS
II – SELOS MECÂNICOS









ALUNO: BRUNO RICARDO RENNÓ
PROFESSOR: GUIDO RANGEL

Bibliografia:
- Blog do Professor Carlão
- Faculdade de Engenharia do Rio Grande do Sul
- Ultraseal Selos Mecânicos
SUMÁRIO
*TRIBOLOGIA
I - BOMBAS
1) Características de Funcionamento
2) Classificação
2.1) - Bombas de Deslocamento Positivo
2.2) - Turbobombas
2.2.1) -Classificação das turbobombas:
2.3) - Bombas Centrífugas
2.4) - Bombas Rotativas
2.5) - Bombas Alternativas

II - SELO MECÂNICO
1) - Selo Mecânico Tipo MG1

2) – Selo Mecânicos de Inox e de Tungstênio

3) – Selo Mecânico Tipo 9 Multimolas

4) – Selo Mecânico RO e RO-TT

5) - Selo Mecânico Cr 218 DF – Triclover – Alfa Laval



O que é Tribologia?

Para se ter uma completacompreensão do fenômeno do desgaste, é preciso que sejam considerados outros dois aspectos, isto é, fricção e a lubrificação. Assim, define-se a palavra tribologia, do grego tribo (fricção, atrito), que é a ciência e tecnologia da interação de superfícies em movimento relativo, sendo que esta incorpora o estudo da fricção, lubrificação e desgaste.
• Sempre que duas superfícies se movimentarem, umaem relação à outra, ocorrerá o desgaste, sendo que este pode ser definido como um prejuízo mecânico a uma ou as duas superfícies, geralmente envolvendo perda progressiva de material. Em muitos casos, o desgaste é prejudicial, levando a um aumento contínuo da folga entre as partes que se movimentam ou a uma indesejável liberdade de movimento e perda de precisão.
• A perda por desgaste de pequenasquantidades relativas de material pode ser suficiente para causar a completa falha de máquinas grandes e complexas. Entretanto, assim como na fricção, altas taxas de desgaste são algumas vezes desejáveis, como em operações de lixamento e polimento.

• Um método de reduzir a fricção e, frequentemente, o desgaste, é a lubrificação das superfícies. Ainda assim, mesmo que um lubrificanteartificial não seja adicionado ao sistema, componentes da atmosfera (especialmente oxigênio e vapor d’água) têm um importante efeito e precisam ser considerados em qualquer estudo da interação de superfícies.



I - BOMBAS
1) Características de Funcionamento
As Bombas são como máquinas operatrizes hidráulicas que conferem energia ao fluido com a finalidade de transportá-lo por escoamento de um pontopara outro obedecendo as condições do processo. As bombas transformam o trabalho mecânico que recebem para seu funcionamento em energia. Elas recebem a energia de uma fonte motora qualquer e cedem parte dessa energia ao fluido sob forma de energia de pressão, cinética ou ambas. Isto é, elas aumentam a pressão do líquido, a velocidade ou ambas essas grandezas. A energia cedida ao líquido pode sermedida através da equação de Bernoulli. A relação entre a energia cedida pela bomba ao líquido e a energia que foi recebida da fonte motora, fornece o rendimento da bomba.________________________________________
2) Classificação:
Dinâmicas ou
turbobombas Bombas centrífugas Puras ou radiais As bombas podem ser classificadas pela sua aplicação ou pela forma com que a energia é cedida ao fluído.Normalmente, existe uma relação estreita entre a aplicação e a característica da bomba que, por sua vez, está intimamente ligada à forma de cessão de energia ao fluido.
Tipo Francis
Bombas de fluxo misto
Bombas de fluxo axial
Bombas periféricas ou regenerativa
Volumétricas ou
Deslocamento
Positivo Bombas Alternativas Pistão O modo pelo qual é feita a transformação do trabalho emenergia hidráulica e o recurso para cedê-la ao líquido aumentando a sua pressão e ou sua velocidade permitem que elas se classifiquem em: bombas de deslocamento positivo, turbobombas e bombas especiais. Dentre as classificações de turbobombas e de deslocamento positivo podemos enumerar algumas das mais importantes subdivisões destas bombas, como mostra a tabela ao lado.
Êmbolo
Diafragma...
tracking img