Triade da mulher atleta

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3842 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO
Apesar da dedicação incessante dos pesquisadores no estudo da osteoporose, muito ainda necessita ser elucidado. A deficiência dos esteróides sexuais, principalmente a de estrógeno, é considerada a principal causa de osteoporose, embora existam inúmeros outros fatores envolvidos. O hipertireoidismo, por exemplo, é considerado um dos fatores de risco para indução ou agravamento daosteoporose e tem despertado o interesse para o estudo dos efeitos de T3 e T4 sobre o metabolismo ósseo. Embora o hipotireoidismo e a afuncionalidade das gônadas seja uma associação freqüente na mulher, a hipofunção da tireóide não é considerada fator de risco para a osteoporose da menopausa. Assim, o estudo da inter-relação entre os distúrbios endócrinos, tão comuns na idade avançada, e a osteoporose éfundamental, pois deste conhecimento poderão advir meios de controle e tratamento adequados, bem como a definição da real natureza do distúrbio ósseo. O objetivo desta revisão é apresentar e discutir alguns aspectos da osteoporose e sua inter-relação com os distúrbios endócrinos da tireóide e das gônadas.
Descritores: Osteoporose; Hipotireoidismo; Hipertireoidismo; Hipogonadismo

ABSTRACTDespite the incessant dedication of the researchers to the study of osteoporosis, a lot still needs to be elucidated. The deficiency of sexual steroids, mainly of estrogen, is considered the main cause of osteoporosis, although a number of other factors are involved. Hyperthyroidism, for instance, is considered a risk factor for induction or aggravation of osteoporosis and has risen the interest in thestudy of the effects of T3 and T4 on osseous metabolism. Although hypothyroidism and gonadic dysfunction are frequently associated in women, thyroid hypofunction is not considered as a risk factor for postmenopausal osteoporosis. Thus, the study of the inter-relationship between endocrine disturbances, so common in advanced age, and osteoporosis is fundamental. Adequate means of control andtreatment may result from this knowledge, as well as a definition of the real nature of the bone disturbance. The aim of this review is to present and discuss some aspects of osteoporosis and its inter-relation with the endocrine dysfunctions of the thyroid and the gonads.
Keywords: Osteoporosis; Hypothyroidism; Hyperthyroidism; Hypogonadism

 
 
COM O AUMENTO DA EXPECTATIVA de vida do homem, asdoenças crônico-degenerativas destacam-se como fator limitante de sua qualidade. Dentre essas doenças, a osteoporose, com sua elevada freqüência, tem fundamental importância em saúde pública (1,2).
Num conceito morfopatogenético, a osteoporose é uma doença metabólica generalizada, caracterizada por menor aposição óssea decorrente de insuficiência osteoblástica (3). No entanto, o termo osteoporosetem sido aplicado com conceitos diferentes e, às vezes, inadequados. É comum considerar osteoporose e osteopenia como sendo a mesma coisa, ou afirmar que osteoporose é um estágio mais grave da osteopenia (4). O termo osteopenia (osteo = osso; penia = pouco) seria adequadamente empregado para caracterizar qualquer diminuição da massa óssea, seja decorrente da diminuição da aposição ou do aumento dareabsorção ou da mineralização deficiente da matriz ou da necrose óssea. Assim, além da osteoporose, a osteodistrofia fibrosa generalizada, o raquitismo, a osteomalacia e a osteonecrose metabólica são também doenças osteopênicas (3).
Grande atenção é dada à osteoporose da mulher por afetar aproximadamente um terço da população feminina após a menopausa (5), e por se constituir na desordemosteometabólica mais prevalente nos países desenvolvidos (2,6,7). Embora seja mais freqüente em mulheres, a osteoporose vem sendo diagnosticada cada vez mais em homens em todo o mundo, e isso tem sido também objeto de maiores investigações (8,9).
Fala-se muito do papel da deficiência dos esteróides sexuais na gênese da osteoporose humana (1,7), mas postula-se que a predisposição genética, inatividade...
tracking img