Trens

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1254 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAÇÃO OSWALDO ARANHA
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOLTA REDONDA - UNIFOA
CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA

TRENS DE ENGRENAGENS EPICICLOIDAIS OU TRENS DE ENGRENAGENS PLANETÁRIAS (TEP)

Por

Welington Ramos Matr.: 200912182

Volta Redonda
2009

Resumo

Trens de engrenagens epicicloidais ou trens de engrenagens planetárias(TEP) são sistemas de transmissão de alta complexidade cinemática e de difícil visualização. Entretanto, suas vantagens são enormes: compactos, leves, permitem altas reduções de velocidade, possuem alta confiabilidade, pois tem engrenamento permanente, possuem capacidade de bifurcação e adição de potência e permitem múltiplas relações de transmissão. Eles têm diversas aplicações, como redutoresindustriais e navais, diferenciais automotivos, máquinas operatrizes e transmissões automáticas. Como existe uma grande variedade de possibilidades de configurações na união de vários TEPs.

1. TRENS DE ENGRENAGENS

São definidos como uma cadeia cinemática destinada a transmitir rotações. Pode ser definido também, como um mecanismo de transmissão de movimento quando tem mais do que duas rodas(engrenagem). A aplicação de duas rodas dentadas simples (engrenagem mais simples) está condicionada a um valor limite da relação de transmissão i. Esta limitação é devida a possibilidade de interferências e necessidades de rodas de grandes dimensões.

1.1 CLASSIFICAÇÃO:

- SIMPLES: Trem simples é um sistema de engrenagens onde, em cada eixo, só existe uma engrenagem,conforme figura 1.1.

[pic][pic]

Fig.1.1 -Trem de Engrenagem Simples

- COMPOSTOS: O trem de engrenagem é chamado composto quando existe um ou mais eixos com duas engrenagens ou mais. Na figura 1.2, pode-se visualizar que um dos eixos suporta duas engrenagens.

[pic][pic]

Fig.1.2 - Trem de Engrenagem Composto

2. Trem de EngrenagemEpicicloidal

[pic]
Fig.2.1 - Trem de Engrenagem Epicicloidal

Devido à analogia com o sistema solar, o trem epicicloidal é freqüentemente chamado de trem planetário ou trem de engrenagens planetárias ou, simplesmente, de TEP. Em virtude disso, a engrenagem central é chamada de solar e as engrenagens que giram em torno dela são chamadas de planetárias ou satélites ou, simplesmente,planetas. Quase sempre se utiliza também, uma engrenagem de dentes internos em torno do TEP, onde os planetários também se engrenam. Esta, é chamada de engrenagem, anular, semelhante a um anel. O elemento que suporta o eixo móvel dos planetas e que pivota em torno do eixo principal do TEP, é chamado de suporte ou braço. Os símbolos S, A e P que representam as engrenagens solar, anular e planetarespectivamente e B, que representa o braço, são associados a um índice quando há necessidade de distinguir elementos de TEPs diferentes. A figura 2.2 identifica estes elementos.

[pic]

Fig.2.2 - Momenclatura dos elementos de um TEP

Os TEPs são sistemas de transmissão de alta complexidade cinemática e de difícil visualização. Os engremamentos entre os elementos internos dos planetário obedecem àrígida condições de restrição, devido ao inter-relacionamento existente. Entretanto, suas vantagens são enormes: são compactos, leves, possibilitam alta redução/multiplicação de velocidade, alta confiabilidade, alta densidade de potencial, possuem capacidade de bifurcação e adição de potência, capacidade diferencial, são sistemas de múltiplas relação de transmissão e engrenamento permanente,permitindo ainda a minimização dos esforços nos mancais e alinhamento dos eixos.

[pic]

Fig.2.3 - Possibilidade de entrada e saída dos TEPs
[pic]

Fig. 2.4 - Arranjo possíveis dos planetas nos TEPs

[pic]

Figura 2.5 - Quantidade de Planetas, mantendo o diâmetro da anular constante

[pic]

Figura 2.6 - TEPs com engrenagens cônicas

[pic]

Figura 2.7 - Formas de representação dos...
tracking img