Treinamento e desenvolvimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2741 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
T & D – Treinamento e Desenvolvimento


As pessoas constituem o principal patrimônio das organizações. Atualmente, as empresas não olham para as pessoas como simples funcionários que executam as suas tarefas, mas olham como o caminho para o crescimento da organização, o trabalho mais valorizado em uma empresa já não é o braçal, mas o intelecto, pois se trata de um capital com valorimensurável. Este capital humano é composto pelos mais diferentes níveis da empresa, desde ao operacional a mais alta cúpula da organização. Logo, o principal diferencial das empresas, já não é a sua estrutura, mas sim as pessoas que nela trabalham. São elas que fazem as coisas acontecerem: que conduzem os negócios, que criam produtos, que prestam serviços.
Mas para que a empresa consiga extrair o máximo deseus funcionários é imprescindível treinamento e o desenvolvimento das pessoas, pois isso trará meios para possibilitar a aprendizagem, que segundo CHIAVENATO (2004, p.339) significa uma mudança no comportamento da pessoa através da incorporação de novos hábitos, atitudes, conhecimentos e destrezas - de seus colaboradores. Contudo, é necessário destacar que treinamento e desenvolvimento sãocoisas distintas.
Para HANASHIRO col. (2008, p.262) treinamento é o aprimoramento do desempenho do funcionário para que possa aumentar a produtividade dos recursos – físicos, financeiros, assim como informações e sistemas – colocados à disposição dele para executar a sua tarefa. É a preparação para levar uma pessoa a ser capaz de fazer algo que nunca fez antes, mas sem a assistência de quem a ensinou.Já CHIAVENATO (2004, p.339) é mais direto em sua definição, para ele é um meio para desenvolver competências nas pessoas para que se tornem mais produtivas, criativas e inovadoras.
HANASHIRO col. (2008, p.262) descrevem desenvolvimento como a capacitação do empregado para alcançar posições ou a gerência de negócios que envolvam a obtenção de resultados cada vez mais abrangentes. Isso pressupõea existência de uma carreira com a explicitação das demandas cos cargos futuros. Novamente CHIAVENATO (2004, p.339) é bem prático em sua colocação, apresentando desenvolvimento de pessoas como o foco nos cargos a serem ocupados futuramente nas organizações e as novas habilidades e capacidades que serão requeridas, ambos constituem processos de aprendizagem.
Esse popular termo ‘T&D’ surgiu noinício do processo de industrialização, mas exatamente, no final do século XIX, quando foi o marco da passagem do trabalho artesanal para o de produção em massa. Na época, fabricavam-se em pequenas quantidades e de acordo com as necessidades dos clientes, assim, os mestres do oficio ensinavam seus aprendizes como repetir aquela função e/ou trabalho. Ao chegar no século XX, principalmente devido adivulgação dos estudos de Taylor em que ele tratava sobre os princípios da administração científica, como por exemplo, racionalização do trabalho, padronização de tarefas, redução de tempo e de movimentação de componentes e produtos na linha de produção, cresceu significativamente a necessidade de treinar uma quantidade cada vez maior de trabalhadores. Até então, os programas de treinamento tinhamcomo objetivo enquadrar as pessoas aos processos produtivos e administrativos.
Contudo, após a Segunda Guerra Mundial, mais exatamente a partir da década de 1960, o mundo dos negócios foi completamente afetado, principalmente devido ao reconhecimento do mundo como um sistema operando com interdependência em ambiente de incerteza, ou seja, completamente instável, surgindo assim teorias acerca doplanejamento estratégico e devido ao grande crescimento do setor de serviços. Tudo isso, faz com que exija dos colaboradores muito mais autonomia, liderança, criatividade e iniciativa, principalmente daqueles com cargo de liderança, tanto nas linhas de produção assim como na relação com os mercados do negócio da empresa. De acordo com HANASHIRO col. (2008, p.262),
As ações de desenvolvimento...
tracking img