Treinamento e desenvolvimento organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1403 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
De acordo com o CATÁLOGO BRASILEIRO DE OCUPAÇÕES (CBO) o psicólogo do trabalho é um profissional que "exerce atividades no campo da psicologia aplicada ao trabalho, como recrutamento, seleção, orientação, aconselhamento e treinamento profissional, realizando a identificação e análise das funções, tarefas e ocupações, organizando e aplicando testes e provas, realizando entrevistas, sondagens deaptidões e de capacidade profissional e no acompanhamento e avaliação de desempenho de pessoal, para assegurar às empresas ou por quem quer que se dêem as relações laboratoriais, a aquisição de pessoal dotado das habilidades necessárias, e ao indivíduo maior satisfação no trabalho”.
Esse campo permite ao psicólogo atuar no aperfeiçoamento e melhoria das condições de vida, trabalho esaúde de trabalhadores nos diferentes setores da economia.  Para Moura (2009):
no que se refere ao alto desempenho, os profissionais da área de Psicologia Organizacional e do Trabalho podem atuar em diversas frentes, tais como na criação e avaliação de ações de treinamento, desenvolvimento e educação (TD&E), no planejamento de gestão de pessoas, na seleção de profissionais, em planos de ascensãoprofissional e na orientação de carreira. Em termos de bem-estar, os psicólogos podem atuar na criação de programas de qualidade de vida, na prevenção de doenças ocupacionais, na formulação de estratégias para melhoria do clima organizacional e da satisfação dos empregados. Além disso, a participação em projetos estratégicos dos diversos setores da organização é essencial para identificar ereduzir possíveis impactos negativos na vida das pessoas, bem como para potencializar efeitos positivos.

-------------------------------------------------
Nos dicionários, o trabalho é concebido como um conjunto de atividades exercidas pelo homem - seja na produção, gestão ou transformação dos recursos da vida em sociedade - em busca de um determinado fim.  Mas suas implicações vão muito alémdisso.  Ele tem uma conotação existencial na medida em que os indivíduos se sentem produtivos por terem uma função, um emprego, uma rotina corporativa. É também fator de inclusão social, de reconhecimento pessoal.  As relações entre o homem e o mundo do trabalho estão no foco da Psicologia Organizacional e do Trabalho (POT), um campo da ciência que tem pouco mais um de século de existência.
A psicologiaorganizacional e do trabalho recebeu esse nome a partir da década de 90, pois a partir de então seu foco não era mais achar a pessoa certa para o lugar certo, mas sim considera a estruturação formal de dois grandes eixos que envolvem fatores psicossociais, sendo eles as organizações como formadoras de conglomerados coletivos humanos e o trabalho no sentido de garantia da manutenção da existênciahumana e de sociedade (TONETTO, et al; 2008).
Ela surge na segunda metade do século XIX, mas sua pré-história remonta à Revolução Industrial e à instauração definitiva do trabalho assalariado.  Nesse período, com o surgimento das fábricas, as relações sociais igualmente se transformaram.  Com o tempo, as organizações passaram a centrar seus esforços na busca de adesões e na minimização deconflitos, fosse pelo acordo, fosse pela ameaça.  Iniciava-se um período em que as células de produção necessitariam do auxílio de mediadores capacitados.
-------------------------------------------------
Na Europa e nos EUA, a partir dos 50, muitos administradores atribuíram aos psicólogos a função de criar esses acordos de cooperação e reciprocidade, algo que já existia, de certa forma, nas linhas deprodução japonesas, regidas pelo sistema toyotista.
-------------------------------------------------
Entre as décadas de 70 e 80, as questões mais humanistas passaram a dominar os estudos da POT. A atenção voltava-se para a satisfação (ou não) dos indivíduos com suas atividades dentro das organizações. A proposta era tornar essa relação menos tensa e com menos conflitos entre gestores e...
tracking img