Treinamento resistido para idosos como meio de compensar o decréscimo nos níveis de força gerados pelo envelhecimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3652 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Veiga de Almeida














TREINAMENTO RESISTIDO PARA IDOSOS COMO MEIO DE COMPENSAR O DECRÉSCIMO NOS NÍVEIS DE FORÇA GERADOS PELO ENVELHECIMENTO














EMERSON FABIANO TOCANTINS











BRASILIA –DF

2005
Emerson Fabiano Tocantins














TREINAMENTO RESISTIDO PARA IDOSOS COMO MEIO DE COMPENSAR ODECRÉSCIMO NOS NÍVEIS DE FORÇA GERADOS PELO ENVELHECIMENTO








Monografia apresentada à
Universidade Veiga de Almeida
Como requisito parcial de obtenção
Do título de especialista em musculação.
Orientador: José Carlos Vidal












BRASILIA –DF

2005

3-Dedicatória (opcional)















































4- Agradecimentos (opcional)

















































SUMÁRIO

0


Página

LISTA DE ANEXOS...............................................................................................................ivCapítulo


1.0 INTRODUÇÃO..................................................................................................................5


2.0.OBJETIVO............................................................................................................................8


3.0. REVISÃO DALITERATURA...........................................................................................9
3.1 Envelhecimento
3.2 Perda de Força Relacionada a Idade
3.3 Perda de massa muscular devido ao envelhecimento
3.4 Benefícios do treinamento de força




4.0 CONCLUSÃO....................................................................................................................15


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.....................................................................................17


ANEXOS..................................................................................................................................25
















Sinopse
















































CAPITULO I

INTRODUÇÃO

A expectativa de vida, nos últimos anos, vemaumentando de forma bem acentuada.O advento de uma série de medicamentos que permitem um maior controle de doenças e também o desenvolvimento de uma série de técnicas cirúrgicas são fatores que tem contribuído para tal aumento.Como conseqüência cresce o número de indivíduos idosos em todo mundo.E aumenta também a vida média do homem, que hoje se situa em torno de 66 anos de idade.
Segundo aOrganização mundial de Saúde existe uma estimativa de que a cada 10 indivíduos no mundo, um tenha mais de 60 anos de idade.
Dados do IBGE demonstram que nos próximos 20 anos cerca de 13% da população que corresponde a aproximadamente 30 milhões de pessoas será composta por indivíduos idosos.
Não é fácil definir quando o individuo é considerado idoso.Segundo alguns autores, idoso seriatodo individuo com idade igual ou superior a 65 anos de idade.Porém outros fatores servem de parâmetro para tal definição, dentre elas temos: O alto nível de catabolismo, uma maior vulnerabilidade para distúrbios metabólicos, desnutrição e alguns processos patológicos.
Matsudo et al. (2000) relata que cada vez mais são feitas pesquisas procurando retardar o processo de envelhecimento,proporcionando assim manutenção da capacidade funcional do individuo idoso. A promoção de saúde através da inclusão da atividade física para o idoso, mas especificamente por meio do treino de força minimiza as perdas geradas pelo envelhecimento e produz uma série de alterações não só na composição corporal, mas também a nível neural e psicológico.
O desempenho da força apresenta o seu pico entre os...
tracking img