Trbalho escravo no rio de janeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (875 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA







EDUCAÇÃO E TRABALHO

TRABALHO ESCRAVO























TRABALHO ESCRAVO NO RIO DE JANEIRO

A escravidão foiextinta no Brasil em 1888, porém atualmente ainda encontramos denúncias de trabalhos análogos à escravidão, em todo o Brasil.
Nos últimos dois anos mais de mil trabalhadores em condições análogas àescravidão foram libertados no estado do Rio de Janeiro. Segundo dados do estudo de pesquisa do trabalho escravo contemporâneo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, foram 7398 casos. O campeão é omunicípio de Campos dos Goytacazes, seguido por cabo Frio e o município do Rio de Janeiro.


TRABALHO ESCRAVO EM CAMPOS DOS GOYTACAZES

Agentes públicos da Superintendência Regional doTrabalho e Emprego do Estado do Rio de Janeiro flagraram diversas irregularidades nas condições de trabalho dos empregados da fazenda localizada em Campos, nas atividades do cultivo de cana-de-açúcar,preparo para o solo e no plantio de grama.
Durante a fiscalização, ficou constatado que os empregados não tinham água potável, instalações sanitárias, equipamentos de proteção. Também não haviacondições adequadas para a realização das refeições. Além disso, alguns dados como remuneração e a vigência do contrato de trabalho foram omitidos da carteira de trabalho dos empregados da fazenda.O QUE CARACTERIZA O TRABALHO ESCRAVO

Para o artigo 149 do código penal brasileiro o crime de escravidão é definido como reduzir alguém a condição análoga a de escravo, quer submetendo-o atrabalhos forçados ou a jornada exaustiva, quer a condições degradantes de trabalho, quer restringindo por qualquer meio sua locomoção em razão de dívida contraída com o empregador ou preposto. Já aOIT (Organização Internacional do Trabalho) tipifica a prática como “todo trabalho ou serviço exigido de um indivíduo sob ameaça de uma pena qualquer para o qual não se apresentou voluntariamente”. Ou...
tracking img