Tratamento e acompanhamento do diabetes mellitus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 376 (93855 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DIRETRIZES SBD



2006

Tratamento
e acompanhamento do

Diabetes mellitus
Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes

2 006

Diretrizes sbD

Apresentação

Dr. Leão Zagury

presidente da SBD - Gestão 2004/2005

Dr. Marcos TaMbascia

presidente da SBD - Gestão 2006/2007

A Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD)
há muitos anos vem publicando consensos
desenvolvidosa partir de discussões entre os
mais renomados especialistas em diabetes e
endocrinologia do país. Esses consensos tinham como objetivo estabelecer padrões de
tratamento para que não só os especialistas,
mas também clínicos que cuidam de diabéticos, pudessem desenvolver seu trabalho com
mais segurança.
Os consensos foram publicados no órgão
oficial da SBD, a revista Arquivos Brasileiros deEndocrinologia e Metabologia, e disponibilizadas no site da nossa entidade (www. diabetes.
org.br). Somente nos dois últimos anos foram
feitos cerca de 220 mil downloads, o que atesta a contribuição que vem trazendo.
Em 2006, no entanto, vamos publicar o
que chamamos de diretrizes, que também refletem o ponto de vista oficial da SBD, com o
diferencial de serem baseadas em evidências.
Amedicina baseada em evidências visa a auxiliar o médico no processo de decisão.
Na prática clínica, é importante diagnosticar, programar o tratamento, conhecer o
prognóstico e tomar decisões. Para tanto se
tornam necessários o acesso à informação e
à literatura, o conhecimento de vantagens e
desvantagens de cada estudo e a compreensão de métodos estatísticos e pesquisas. As
informações devemser processadas e sintetizadas para serem transformadas em recomendações, isto é, em diretrizes clínicas (practical
guidelines), que devem servir de orientação
na conduta. É importante que sejam atualizadas, divulgadas e, sobretudo, implementadas,
pois, caso contrário, há risco de desperdício
de tempo, energia e dinheiro.
No processo de tomada de decisão médica devem ser consideradas aspreferências do
paciente – que sempre deve ser esclarecido –,
as circunstâncias do atendimento, o estádio
da doença e os recursos disponíveis. A experiência profissional é fundamental e faz muita
diferença, moldando a decisão final e garantindo maior beneficio para o paciente.
Desde que a SBD publicou seu primeiro
consenso ocorreu considerável evolução na
forma de avaliar evidências científicas.Es-

tabeleceu-se um sistema de graus de recomendação e força de evidência para se fazer
a classificação e elaborar diretrizes. Assim,
são atribuídos graus diferentes a estudos experimentais ou de observação de maior ou
menor consistência, relatos de casos (estudos
não-controlados), opinião desprovida de avaliação crítica baseada em consensos, estudos
fisiológicos ou modelos animais. Mesmo asrecomendações com mais baixos níveis de
evidência podem ser igualmente importantes, desde que bem fundamentadas.
É essencial entender que as evidências
são apenas um componente a mais na tomada de decisão. Os médicos cuidam de pacientes, e não de populações, portanto as diretrizes devem ser interpretadas de acordo com
as necessidades das pessoas com diabetes. As
circunstâncias individuais,as co-morbidades,
a idade, a educação, a inaptidão e, acima de
tudo, os valores individuais e as preferências
dos pacientes devem ser considerados.
Se o paciente entender a forma pelas
quais as informações são geradas, como são
interpretadas e aplicadas, tenderá a ser mais
participativo e ativo no processo.
A decisão final deve ser fruto da integração, das evidências, das vivências, dacompetência e da ética.
O texto foi organizado por uma comissão
editorial constituída pelo presidente da SBD,
o Dr. Leão Zagury, pela vice-presidente, a Dra.
Marília Brito Gomes, e pelo primeiro-secretário, o Dr. Sergio Dib. Especialistas de reconhecido saber foram convidados a elaborar temas
analisados pela comissão e submetidos à diretoria da nossa entidade.
As diretrizes estão organizadas...
tracking img