Tratamento de residuos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2165 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE SANTISSIMO SACRAMENTO

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO











EDVALDO BRANDÃO DOS SANTOS











TRATAMENTO DE RESÍDUOS HOSPITALARES

5º SEMESTRE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO











ALAGOINHAS – BAHIA

2012





EDVALDO BRANDÃO DOS SANTOS











TRATAMENTO DE RESÍDUOS HOSPITALARES













O Trabalho apresentado no curso de graduação áFaculdade Santíssimo Sacramento, Curso de Engenharia de Engenharia de Produção.






















ALAGOINHAS – BAHIA

2012

INTRODUÇÃO







Muito se tem discutido sobre as melhores formas de tratar e eliminar o lixo industrial, comercial, doméstico, hospitalar e nuclear, gerado pelo estilo de vida da sociedade contemporânea. Todos concordam, no entanto, que o lixo é o espelho fiel dasociedade, sempre tão mais geradora de lixo quanto mais rica e consumista. Qualquer tentativa de reduzir a quantidade de lixo ou alterar sua composição pressupõe mudanças no comportamento social.


A concentração demográfica nas grandes cidades e o grande aumento do consumo de bens gera uma enorme quantidade de resíduos de todo tipo, procedentes tanto das residências como das atividadespúblicas e dos processos industriais. Todos esses materiais recebem a denominação de lixo, e sua eliminação e possíveis reaproveitamentos são um desafio ainda a ser vencido pela nossa sociedade moderna.


De acordo com a nossa origem, há quatro tipos de lixo: residencial, comercial, público e de fontes especiais. Entre os últimos se incluem, por exemplo, o lixo industrial, o hospitalar eo radioativo, que exigem cuidados especiais em seu acondicionamento, manipulação e disposição final. Juntos, os tipos domésticos e comerciais constituem o chamado lixo domiciliar que, com o lixo público resíduos da limpeza de ruas e praças, entulho de obras representam a maior parte dos resíduos sólidos produzidos nas cidades.



















Resíduos Hospitalares



|Os Resíduos SólidosHospitalares ou como é mais comumente denominado "lixo hospitalar ou resíduo séptico", sempre se constituiu um problema |
|bastante sério para os Administradores Hospitalares, devido principalmente a falta de informações a seu respeito, gerando mitos e fantasias |
|entre funcionários, pacientes, familiares e principalmente a comunidade vizinha as edificações hospitalares e aos aterros sanitários.A |
|atividade hospitalar é por si só uma fantástica geradora de resíduos, inerente a diversidade de atividades que se desenvolvem dentro destas |
|empresas. |
|O desconhecimento e a falta de informações sobre o assunto faz com que, em muitos casos, osresíduos, ou sejam ignorados, ou recebam um |
|tratamento com excesso de cuidado, onerando ainda mais os já combalidos recursos das instituições hospitalares. Não raro lhe são atribuídas a |
|culpa por casos de infecção hospitalar e outros tantos males |
|Os constantes problemas, o desconhecimento, o medo, masprincipalmente o desejo de que o assunto fosse tratado de uma forma técnica, |
|profissional, levou-nos a desenvolver um projeto que resolvesse definitivamente o problema "LIXO HOSPITALAR". A falta de conscientização |
|sobre os resíduos hospitalares faz com que o país viva um grande atraso no que se refere à geração, acondicionamento, transporte e descarte |
|desse tipo de material. Comisso, vários municípios brasileiros ainda não possuem locais especiais para o tratamento dos resíduos. |
|Cresce a cada dia a busca de soluções para minimizar os transtornos causados pela produção de resíduos de serviços de saúde. Constantemente o |
|assunto é tema de conferências e pesquisas em vários países. No entanto, ainda há muito que fazer para que o lixo hospitalar, como é...
tracking img