Tratamento de feridas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1305 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tratamento de Feridas Crónicas
Tratamento | Indicação | Descrição/ Modo de aplicação | Mecanismo de acção | Contra-indicações | Outros |
Desbridamento | Remover tecido desvitalizado ou necrótico para facilitar a cicatrização, ↓risco de infecção e avaliar a extensão da ferida. | Remoção de tecido necrótico ou desvitalizado (ou ainda partículas estranhas). Pode ser cirúrgico, mecânico (gazesalina, irrigação directa); enzimático (colagenase, estreptoquinase, firinolisina) e autolítico (revestimentos oclusivos/suboclusivos com hidrofilme, hidrogel, hidrogolóide) | Estimula a angiogénese e a formação de colagénio, reduz risco de infecção e permite correcto estadiamento e avaliação da resposta ao tratamento. | Celulite extensa e septicemia só em bloco operatório e após antibioterapia. |Remover o tecido necrótico total com exposição de um leito sangrante para acelerar o processo de regeneração e reparação celular. |
Gaze Humedecida com solução salina | Úlceras moderadamente exsudativas (grau II a IV), infectadas, preenchimento de cavidades. | Gaze estéril com solução fisiológica a 0.9% com propriedades bacteriostáticas com capacidade de absorção moderada.Limpar úlcera do SF 0.9%e recobrir a superfície total estando em contacto com o leito. Aplicar de forma suave para evitar pressão nos capilares recém-formados. Ocluir com protecção secundária de gaze ou compressa. | Mantém humidade, favorece a formação de tecido de granulação, amolece os tecidos desvitalizados, estimula o desbridamento autolítico, absorve o exsudado. | Não usar em úlceras alta/ exsudativas por risco demaceração da pele circundante. | Evitar saturação excessiva da gaze para evitar maceração dos bordos da úlcera e tecidos viáveis. Trocar a cada 24h ou quando estiver “saturado” com secreção, e ainda húmida para evitar desbridamento mecânico, remoção de tecido recém-formado e ↓dor. Se tiver pouco exsudado, humedecer gaze 2 a 3 x/dia com SF. |
Tratamento | Indicação | Descrição/ Modo de aplicação |Mecanismo de acção | Contra-indicações | Outros |
Hidrocolóides (Suprasorb, Varihesive Gel) | Úlceras grau II – IV, ligeiramente exsudativas ou com tecido necrótico | Composto de carboximetilcelulose, gelatina ou pectina, impermeáveis ao vapor de água, bactérias e ao O2 (ambiente hipóxico que favorece a proliferação de fibroblastos e angiogénese, inibindo também a proliferação bacteriana). Aformação de um composto gelificado tem efeito analgésico e reduz a aderência à úlcera, ↓o traumatismo epitelial associado à sua remoçãoLimpar com SF 0.9%, secar a pele ao redor, escolher o penso que ultrapasse os bordos e aplicar, firmemente, o penso, efectuando uma perfeita aderência. | As partículas de celulose expandem-se ao absorver líquidos e criam ambiente húmido, que permite um desbridamentoautolítico. Assim, há estimulação de crescimento de novos vasos, tecido de granulação e protecção de terminações nervosas. Protege ainda as células de traumas, da contaminação bacteriana e mantém o isolamento térmico. | Úlceras altamente exsudativas, infectadas, fistulas, exposição de tendões ou músculos. | Protege tecidos de granulação e epitelização; pode moldar-se e adaptar-se a superfíciesirregulares do corpo; reduz a dor e ajuda na contenção do odor. Contudo não permite a visualização da ferida.Remover sempre que haja excesso de exsudado ou fugas do mesmo pelos bordos, ou a cada 2-7 dias |
Alginato de Cálcio (Sorbsan, Suprasorb A, Algosteril,, Sorbalgon) | Úlceras grau II – IV, alta/ exsudativas, cavitadas e infectadas (com Antibioterapia sistémica já realizada), hemorragiaspós-desbridamento | Polissacarídeo de cálcio de algas marinhas, com capacidade de absorção, acção hemostática e bacteriostática.Limpar com SF 0.9%, secar e colocar sobre a ferida. | As fibras em contacto com a ferida realizam troca iónica, transformando as tiras do penso em gel, fibrinoso, não aderente, que mantém o ambiente idealmente húmido para cicatrização. | Úlceras não exsudativas, hemorrágicas...
tracking img