Tratamento de efluentes - sms

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1997 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS
DEPARTAMENTO DE ENSINO
CAMPUS PARINTINS


















SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde)

















Parintins
2010


R. C. A.









Tratamento de Efluentes







Trabalhoapresentado ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas – Campus Parintins para obtenção de nota parcial na disciplina SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde) do curso Técnico em Administração Integrado ao Ensino Médio.







Orientador: Professor W. S.









Parintins
2010


INTRODUÇÃO

Neste trabalho serão tratadas as formas de um Tratamento deEfluentes com o objetivo de analisar as Noções Básicas e os Aspectos Legais, identificando seus pontos principais, assim como outros aspectos deste contexto.
Para a compreensão desta pesquisa, este trabalho constitui-se de acordo com a estrutura citada pelo professor orientador. No desenvolvimento fez-se uma análise do conteúdo e uma breve conclusão.
Portanto, a importância deste trabalho se direcionatanto à compreensão da temática em estudo, quanto para a formação técnica da discente desta disciplina.






















OBJETIVOS


Geral:

• Analisar as Noções Básicas e os Aspectos Legais de Tratamento de Efluentes Líquidos.



Específicos:

• Identificar os Efeitos do Lançamento de Matéria Orgânica nos Cursos de Água;
• Verificar os Níveis doTratamento de Efluentes;
• Compreender o uso da Água e Geração de Efluentes.




JUSTIFICATIVA

Este trabalho justifica-se na busca da compreensão das Noções Básicas e os Aspectos Legais de Tratamento de Efluentes Líquidos. Portanto, é através do estudo do tratamento de efluentes que adquirimos conhecimento específico para a realização saudável do trabalho e sem agredir o meio ambiente.ETAPAS DE UM TRATAMENTO DE EFLUENTE

O funcionamento de uma Estação de Tratamento de Efluente (ETE) compreende basicamente as seguintes etapas: pré-tratamento (gradeamento e desarenação), tratamento primário (floculação e sedimentação), tratamento secundário (processos biológicos de oxidação), tratamento do lodo e tratamento terciário (polimento da água).

1 ) TRATAMENTO PRELIMINARConstituído unicamente por processos físicos. Nesta etapa, é feita a remoção dos materiais em suspensão, através da utilização de grelhas e de crivos grossos (gradeamento), e a separação da água residual das areias a partir da utilização de canais de areia (desarenação). (Figura em anexo)

Gradeamento

Etapa na qual ocorre a remoção de sólidos grosseiros, onde o material de dimensões maiores do que oespaçamento entre as barras é retido. Há grades grosseiras (espaços de 5,0 a 10,0 cm), grades médias (espaços entre 2,0 a 4,0 cm) e grades finas (entre 1,0 e 2,0 cm) que têm pôr objetivo reterem o material sólido grosseiro em suspensão no efluente. As principais finalidades do gradeamento são: proteção dos dispositivos de transporte dos efluentes (bombas e tubulações); proteção das unidades detratamento subseqüentes e proteção dos corpos receptores.

Desarenação

Etapa na qual ocorre a remoção da areia por sedimentação. Este mecanismo ocorre da seguinte maneira: os grãos de areia, devido às suas maiores dimensões e densidade, vão para o fundo do tanque, enquanto a matéria orgânica, de sedimentação bem mais lenta, permanece em suspensão, seguindo para as unidades seguintes.
Asfinalidades básicas da remoção de areia são: evitar abrasão nos equipamentos e tubulações; eliminar ou reduzir a possibilidade de obstrução em tubulações, tanques, orifícios, sifões, e facilitar o transporte do líquido, principalmente a transferência de lodo, em suas diversas fases.

2 ) TRATAMENTO PRIMÁRIO

O tratamento primário é constituído unicamente por processos físico-químicos. Nesta etapa...
tracking img