Tratamento de efluentes liquidos em usinas nucleares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1659 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRATAMENTO DE EFLUENTES LÍQUIDOS DA USINA NUCLEAR ANGRA2

1-INTRODUÇÃO
Numa usina nuclear é essencial o uso de água para seu processo de produção de energia elétrica. Seja para a refrigeração do seu reator nuclear em qualquer situação, seja para a refrigeração de sistemas secundários ou auxiliares, assim como para uso de higiene etc.
Como qualquer indústria, uma usina nuclear infelizmenteproduz efluentes. Porém tem a diferença de produzir efluentes radioativos. Porém todas elas possuem sistemas de descontaminação, complexos mas eficientes, de descontaminação de sólidos, líquidos e gases, ajustando os níveis de contaminação desses efluentes para níveis aceitáveis por órgãos fiscalizadores para seus despachos estoques ou descarga para o meio ambiente.
Nesse trabalho vamos nos aternos processos de separação de óleo e de tratamento de efluentes líquidos propriamente ditos utilizados na usina Nuclear Angra2.

2-SISTEMA COLETOR E SEPARADOR DE ÁGUA E ÓLEO

O Sistema tem como função coletar e separar o óleo da água proveniente dos prédios e sistemas através do processo de decantação.
A água tratada é direcionada para o Sistema de Tratamento de Efluentes Líquidos e o óleo évertido para o tanque de armazenamento de óleo.
O tratamento é realizado de acordo com a norma FEEMA: NT-202-R-10 (Critérios e Padrões para Lançamento de Efluentes Líquidos).
Na realidade existem na planta de Angra2 dois sistemas desses bem similares se diferenciando apenas em suas dimensões (capacidade). Sendo que um não se espera chegar misturas de água e óleo contaminado com outros tipos deprodutos químicos e outro de menor porte sim.
Nesse trabalho vamos descrever somente o sistema de maior porte.

2.1- DESCRIÇÃO DO SISTEMA
O sistema é composto por:
* dois Tanques Decantadores com um vertedouro tipo flauta em cada um;
* uma Bomba de Retorno e Descarga de óleo;
* Um Tanque de Armazenamento de Óleo;
* dois Tanques dos Separadores Lamelares também com vertedourostipo flauta;
* Um tanque de óleo dos transformadores composto com uma bomba.
* Um Tanque de Armazenagem de Sólidos

2.2- Operação do Sistema
2.2.1- Chegada do efluente bruto
O efluente bruto proveniente dos prédios e transformadores é aduzido aos Tanques decantadores, onde o efeito de redução de velocidade fará com que sólidos se precipitem e se depositem no fundo dos mesmos e o óleoflote e permaneça acumulado na superfície. O óleo então é recolhido através de vertedores que o direcionam para o Tanque de Armazenamento de Óleo.

2.2.2- Efluentes dos Transformadores
Eventualmente ocorrendo um acidente nos transformadores, poderá ocorrer um derramento de óleo, que terá possibilidade de atingir 50% de concentração em água.
Em vista dessa ocorrência, foi projetado um Tanque deÓleo dos Transformadores que coleta primariamente este efluente evitando dessa forma uma possível sobrecarga do sistema.
Por intermédio da Bomba desse tanque, a água é aduzida aos Tanques decantadores de forma dosada, até que se perceba o bombeio de óleo.

2.2.3- Separação Primária
Para a remoção primária do óleo livre que está flotando, são empregados os tanques de decantação, tipo retangular,onde ocorrem a separação em três fases: sólido que sedimenta, óleo que flota e água oleosa (Camada Intermediária).

2.2.4- Sólidos Sedimentados
Os sólidos sedimentáveis, se depositarão no fundo dos tanques, sendo que a maior quantidade deverá ficar na região onde existe o rebaixamento do fundo dos Tanques Decantadores. Do rebaixo os sólidos são escoados por meio de tubulação e descarregados noTanque de Armazenagem de Sólidos.

2.2.5- Óleo Flotante
O óleo coletado na superfície por meio dos coletores de óleo, tipo flauta, é conduzido para o Tanque de Armazenagem de Óleo.
Este óleo será bombeado através da Bomba de Retorno e Descarga de óleo para um caminhão–tanque somente quando o tanque acima estiver com grande concentração de óleo (a verificação da concentração do óleo se dá...
tracking img