Tratado de tordesilhas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (397 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tratado de Tordesilhas
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tratado de Tordesilhas |
Folha de rosto do Tratado de Tordesilhas (1494) |
Assinado
- local | 7de Junho de 1494
Tordesilhas, Espanha |
Ratificação | 2 de Julho de 1494 (Castela e Aragão)
5 de Setembro de 1494 (Portugal) |
Signatários | João II de Portugal e Fernando II de Aragão |Partes | Reino de Portugal e Reino de Castela |
Arquivo | Arquivo Nacional da Torre do Tombo (Portugal)
Archivo General de Indias (Espanha) |
O Tratado de Tordesilhas, assinado na povoação castelhanade Tordesilhas em 7 de Junho de 1494, foi um tratado celebrado entre o Reino de Portugal e o recém-formado Reino da Espanha[1] para dividir as terras "descobertas e por descobrir" por ambas as Coroasfora da Europa. Este tratado surgiu na sequência da contestação portuguesa às pretensões da Coroa espanhola resultantes da viagem de Cristóvão Colombo, que ano e meio antes chegara ao chamado NovoMundo, reclamando-o oficialmente para Isabel, a Católica.
O tratado definia como linha de demarcação o meridiano 370 léguas a oeste da ilha de Santo Antão no arquipélago de Cabo Verde. Esta linha estavasituada a meio-caminho entre estas ilhas (então portuguesas) e as ilhas das Caraíbas descobertas por Colombo, no tratado referidas como "Cipango"[2] e Antília[3]. Os territórios a leste destemeridiano pertenceriam a Portugal e os territórios a oeste, à Espanha. O tratado foi ratificado pela Espanha a 2 de Julho e por Portugal a 5 de Setembro de 1494.
Algumas décadas mais tarde, na sequência dachamada "questão das Molucas", o outro lado da Terra seria dividido, assumindo como linha de demarcação, a leste, o antimeridiano[4] correspondente ao meridiano de Tordesilhas, pelo Tratado deSaragoça, a 22 de Abril de 1529.
No contexto das Relações Internacionais, a sua assinatura ocorreu num momento de transição entre a hegemonia do Papado, poder até então universalista, e a afirmação do...
tracking img