Transtornos alimentares e tcc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4033 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES
INSTITUTO DE PSICOLOGIA


TERAPIA COMPORTAMENTAL I

MIGUEL LEAL
PATRICIA GORETI

TRANSTORNOS ALIMENTARES E TCC:
A TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL NO TRATAMENTO DOS TRANSTORNOS ALIMENTARES

RIO DE JANEIRO,
2012
PATRICIA GORETI
MIGUEL LEAL

TRANSTORNOS ALIMENTARES E TCC:
A TERAPIACOGNITIVO-COMPORTAMENTAL NO TRATAMENTO DOS TRANSTORNOS ALIMENTARES

Trabalho apresentado como avaliação da disciplina de Terapia Comportamental I.

Professora Angela Alfano

RIO DE JANEIRO,
2012

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 4

1 CONCEITUAÇÃO DO QUADRO CLÍNICO 5
1.1 Anorexia nervosa 5
1.2 Bulimia nervosa 6
1.3 Obesidade 7
1.4 Diagnóstico diferencial 8
1.5 Prevalência 8
1.6Aspectos psicológicos 9
1.7 Modelo cognitivo-comportamental 10

2 TRATAMENTO 12
2.1 Anorexia nervosa 12
2.1.1 Modificação do padrão alimentar 12
2.1.2 Monitoração do peso 12
2.1.3 Redução da insatisfação com a imagem corporal 13
2.2 Bulimia nervosa 14
2.2.1 Modificação do padrão alimentar 14
2.2.2 Exposição e prevenção de respostas 14
2.2.3 Desenvolvmimento de estratégiasalternativas 15
2.2.4 Modificação do sistema de crenças disfuncional 15
2.3 Outros tratamentos 16
2.3.1 Abordagem farmacológica 16
2.3.2 Tratamento hospitalar 16
2.3.3 Tratamento em grupo 17

BIBLIOGRAFIA 18

INTRODUÇÃO

Apesar de ser um ato humano comum, o comportamento alimentar não deixa de ser um fenômeno complexo. Segundo Dalgalorrondo (2008), o comportamento alimentar inclui algumasdimensões complementares: a) dimensão fisiológica-nutritiva que regulam a demanda e a satisfação das necessidades nutricionais; b) dimensão psicodinâmica que se vincula à satisfação e ao prazer oral; e c) dimensão relacional, na qual a incorporação oral pode representar simbolicamente diversas coisas: o amor, a destruição, a conservação no interior do eu e a apropriação das qualidades do objetoamado. As sensações básicas de fome, sede e saciedade, que são geradas, controladas e monitorizadas por diversas áreas do organismo, e assim, motivam a conduta alimentar do ser humano.
Os transtornos alimentares se enquadram num tipo bem específico de transtornos. Geralmente ligados a uma grave distorção na auto-imagem, podem ser divididos em dois tipos com algumas pequenas diferenças. São elas aAnorexia Nervosa e a Bulimia Nervosa.
Entendendo a anorexia e a bulimia como uma forma reativa de lidar com a obesidade, apontaremos as principais características deste transtorno. Já que os desvios do comportamento alimentar podem levar ao emagrecimento extremo, também conhecido como caquexia, ou à obesidade, dentre outros problemas físicos e psicológicos.
Fatores biológicos, culturais eexperiências pessoais contribuem para a obesidade, para a bulimia e para a anorexia nervosa. O trabalho tem o objetivo de discorrer sobre os aspéctos psicológicos dos transtornos do comportamento alimentar e a aplicabilidade da TCC em seu tratamento.

1 CONCEITUAÇÃO DO QUADRO CLÍNICO

1.1 Anorexia nervosa

De acordo com o DSM-IV, as características essenciais da anorexia nervosa são a recusa emmanter o peso mínimo normal adequado à idade e à altura ou acima deste; medo intenso de ganhar peso ou de se tornar gordo, mesmo com peso inferior ao esperado; perturbação no modo de vivenciar o peso, tamanho ou forma corporal; nas mulheres pós-menarca, ocorre amenorréia, isto é, a ausência de pelo menos três ciclos menstruais consecutivos, quando é esperado ocorrer o contrário.
Além disso,existe um medo intenso de engordar associada a uma preferência pela magreza extrema e um distúrbio da imagem corporal que faz com que se percebam mais gordas do que realmente são e insatisfação com sua aparência, fixando metas cada vez menores para seu peso.
A perda de peso é conseguida primeiro pela redução do total da ingestão alimentar, podendo chegar a jejum quase completo, embora a perda de...
tracking img