Transtorno bipolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é transtorno bipolar?

O transtorno bipolar é uma doença mental em que o paciente alterna estados de euforia e depressão, além de fases de "normalidade" intercaladas. A causa exata é desconhecida, mas os cientistas acreditam que esteja ligada à genética - segundo a Associação Brasileira de Transtorno Bipolar, 50% dos portadores da doença apresentam pelo menos um familiar afetado. Há doistipos de transtorno bipolar: o I, que é a doença propriamente dita, e o II, em que os episódios de depressão e hipomania (versão mais leve da mania, como é chamada a fase de euforia) são mais curtos e mais espaçados entre si. O primeiro tipo atinge cerca de 1% da população e fica no 10º lugar entre os transtornos mentais mais comuns (veja tabela abaixo). O segundo tipo atinge cerca de 8% dapopulação. "O tratamento depende da fase e da gravidade e sempre envolve medicamentos, em geral estabilizadores de humor", explica o psiquiatra Eduardo Pondé, professor-adjunto do Instituto de Ciências da Saúde da UFBA. Mas só remédio não basta: é preciso tratamento psicológico para ajudar o paciente a aceitar e controlar a doença. A idade média de início dos quadros bipolares situa-se logo após os 20anos, embora alguns casos se iniciem ainda na adolescência e outros possam começar mais tardiamente (após os 50 anos). Os episódios maníacos costumam ter início súbito, com rápida progressão dos sintomas; freqüentemnete os primeiros episódios ocorrem associados a estressores psicossociais. Com a evolução da doença, os episódios podem se tornar mais freqüentes, e os intervalos livres podem seencurtar. Para algumas mulheres, o primeiro episódio maníaco pode acontecer no período puerperal. Afeta cerca de 5,7 milhões de adultos nos Estados Unidos (2,6% da população acima de 18 anos)

Surto de Mania: Um determinado número de sintomas precisa durar ao menos uma semana para o caso ser considerado como um surto de mania. São eles:
* bom humor intenso e incomum
* energia excessiva
*irritabilidade
* sensação de agitação
* falar mais rápido do que o normal
* idéia e pensamento rápido e incomum
* decisões arriscadas (gastos excessivos, investimentos de risco)
* fácil distração
* necessidade de dormir pouco
* idéia exagerada das capacidades
* aumento do apetite sexual
Hipomania: É um tipo menos grave de mania, pode incluir formas menosintensas de qualquer um dos sintomas mencionados acima. A hipomania não interfere na vida diária e nos relacionamentos da mesma maneira que um tradicional surto de mania Se não for tratada, a hipomania pode progredir para mania.
Surto depressivo: Para que esses sintomas sejam considerados um surto depressivo, um determinado número de episódios deve persistir por ao menos duas semanas. São eles:* depressão ou ansiedade
* desespero;
* falta de interesse em atividades prazerosas
* fadiga e preguiça
* incapacidade de concentração
* indecisão
* agitação
* irritabilidade
* mudanças nos hábitos de sono
* mudanças no apetite ou de peso
* dores misteriosas
* pensamentos suicidas

Os tipos de surto vivenciados pelos pacientes determinam odiagnóstico do tipo de transtorno bipolar.
* Transtorno Bipolar I - é a forma mais grave do transtorno. Envolve ao menos um surto de mania ou episódio misto e pelo menos um surto depressivo [fonte: DBSA].
* Transtorno Bipolar II - neste caso, os pacientes precisam apresentar pelo menos um surto depressivo e um episódio de hipomania. Além disso, podem passar por períodos estáveis de humortambém.
* Transtorno Bipolar no Especificado(NOS) - essa classificacão é usada em casos em que pacientes bipolares apresentam quadros que não se encaixam nem na categoria I nem na II.
* Ciclotimia - é a forma mais leve do transtorno. Inclui dois anos de surtos de hipomania e de depressão leve.

Fatores Biológicos
O perfil de mediadores químicos cerebrais (substâncias que...
tracking img