Transporte urbano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1156 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aéreo

É o transporte adequado para mercadorias de alto valor agregado, pequenos volumes ou com urgência na entrega. O Estado de São Paulo tem hoje 32 aeroportos sob sua administração e 5 aeroportos com a INFRAERO administrando (Guarulhos, Congonhas, Viracopos, São José dos Campos e Campo de Marte). O transporte aéreo possui algumas vantagens sobre os demais modais, pois é mais rápido e seguroe são menores os custos com seguro, estocagem e embalagem, além de ser mais viável para remessa de amostras, brindes, bagagem desacompanhada, partes e peças de reposição, mercadoria perecível, animais, etc.

Vantagens

• É o transporte mais rápido
• Não necessita embalagem mais reforçada (manuseio mais cuidadoso);

Desvantagens

• Menor capacidade de carga;
• Valor do frete maiselevado em relação aos outros modais.




Ferroviário

A malha ferroviária brasileira possui aproximadamente 29.000 km e no Estado de São Paulo cerca de 5.400 km. O processo de privatização do sistema iniciou-se em 1996, e as empresas que adquiriram as concessões de operação desta malha, assumiram com grandes problemas estruturais. A transferência da operação das ferrovias para o setorprivado foi fundamental para que esse setor voltasse a operar.
As empresas que operam a malha ferroviária brasileira são:
ALL – América Latina Logística,
CFN – Companhia Ferroviária do Nordeste,
CVRD/EFC – Cia. Vale do Rio Doce – Estrada de Ferro Carajás,
CVRD/EFVM – Cia. Vale do Rio Doce - Estrada de Ferro Vitória Minas,
FCA - Ferrovia Centro Atlântica,
Ferroban - Ferrovia Bandeirantes,Ferronorte – Ferrovias Norte Brasil
Ferropar – Ferrovias do Paraná
FTC - Ferrovia Tereza Cristina,
MRS Logística, Ferrovia Novoeste,
Ferrovia Norte-Sul, *
Portofer**,
* Norte-Sul – administrada pelo governo federal
** Portofer – administra a malha ferroviária do Porto de Santos


Vantagens

• Adequado para longas distâncias e grandes quantidades:
• Menor custo de seguro;
•Menor custo de frete.

Desvantagens

• Diferença na largura de bitolas;
• Menor flexibilidade no trajeto;
• Necessidade maior de transporto











Hidroviário

A Hidrovia Tietê-Paraná tem papel importante na logística das matérias primas produzidas no Estado, particularmente no caso da movimentação de graneis e seus insumos. Com a interligação entre os rios Tietê e oParaná, concluída 1999 em direção ao sul e vice-versa através da Eclusa de Jupiá, a Hidrovia ampliou seu raio de ação em mais de 700 km, totalizando 2.400 km entre rotas principais e secundárias, possibilitando, a baixo custo, o transporte de mercadorias entre os países do bloco do MERCOSUL. Além disso, obras de sinalização, recuperação e proteção de pontes, balizamento, dragagens, retiradas depedras e controle eletrônico, realizadas nos últimos anos, têm possibilitado ampliar o volume transportado.
Embora o transporte na Hidrovia Tietê-Paraná apresente grandes taxas de crescimento, da ordem de 15% ao ano, com algumas iniciativas se poderá crescer a taxas ainda maiores, aumentando sua contribuição para o equilíbrio da matriz de transporte.

Eclusas:
Bariri, Barra Bonita,Ibitinga, Nova Avanhandava, Promissão, Três Irmãos, Jupiá, Porto Primavera.

Empresas de Navegação:
Sartico (ADM), Diamante (Cosan), Quintella (Coinbra), CNA (Transrio) e EPN (Torque).




Portos / Terminais:

• CNAGA – Conchas
• Nova Meca – Anhembi
• Cana Marambaia – Bariri
• EPN – Anhembi
• Gasa – Andradina
• Sartico – Santa Maria da Serra
• Usina Diamante – Jaú
• Quintella –Pederneiras
• Cargill – Três Lagoas (MS)
• Terminal Intermodal – Panorama
• Terminal Intermodal – Presidente Epitácio
• Terminal Intermodal – Bataguassú (MS)

Principais produtos transportados:
Soja, óleo vegetal, trigo, milho, açúcar, cana de açúcar, sorgo, madeira e outros.





Marítimo

O transporte marítimo é o modal mais utilizado no comércio internacional ou longo...
tracking img