Transporte ilegal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1334 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DISCIPLINA: GESTÃO DE SUPRIMENTOS E LOGISTICA
ATIVIDADE DISSERTATIVA EM GRUPO 


Parte Introdutória
Define-se logística como: O processo de coordenar o fluxo, material e de informações, do ponto fornecedor ao ponto de consumo, de forma eficiente e efetiva, em correspondência às necessidades dos clientes.

Tal definição pressupõe, no caso urbano, uma série de fluxos: de seres humanos, dematérias e de informações, de pontos a pontos. Esses fluxos devem atender às necessidades de todos os envolvidos, de forma eficiente e efetiva.

Levando em consideração tudo o que foi estudado em Gestão de Suprimento e Logística realize a atividade Dissertativa em Grupo.

O objetivo deste trabalho é saber como a Empresa Tradicional intermunicipal está se comportando com o surgimento de novosconcorrentes (vans e microônibus), regulamentados e/ou ilegais. Que tipo de estratégias competitivas seu grupo utilizaria para enfrentar esta nova concorrência.
Transporte Alternativo e/ou Ilegal

O deslocamento da população das cidades brasileiras e entre cidades tem sido realizado em sua maioria por ônibus. Assim, o sistema de transporte por ônibus consolidou-se como a principal modalidade de transporteno país. Para Lucena (1999) o transporte de passageiros por rodovias tem dois componentes principais (1) entre cidades feitas por ônibus e (2) urbano/suburbano por ônibus de linha. A estes podemos somar serviços de fretamento e serviços turísticos, ônibus escolares, serviços de táxi. (OECD 1990). Todos estes serviços fazem um mercado atraente, economicamente, pela quantidade de usuários queprecisam de acessibilidade rápida, segura e a um preço justo para diferentes destinos.


Entretanto, por falta de uma filosofia empresarial eficiente, diversas deficiências no sistema regular - tais como oferta inadequada e insuficiente para atender à crescente demanda, falta de conforto e segurança, tarifa elevada demora, entre outros - provocaram a insatisfação dos usuários com o sistema. Com estepanorama, Aragão et. al (2000) coloca, que a própria liderança empresarial começa a reconhecer as ineficiências do setor, que tem apresentado baixos níveis de qualidade e competitividade. Tal insatisfação provocou o surgimento do transporte alternativo, juntamente com a atual crise econômica do país que levou os trabalhadores desempregados a entrarem neste setor em busca de novas fontes de renda.Esta modalidade de transporte tem evoluído muito na última década e abrange atualmente tanto os perímetros urbanos, quanto o transporte intermunicipal, até interestadual.


Em nível intermunicipal, dessa forma podemos encontrar uma ocorrência expressiva deste tipo de transporte. Em muitos estados o fenômeno do transporte alternativo intermunicipal tem atingido aos poucos o mercado de transporte depassageiros, que contam com poucas operadoras de transporte, dessa forma os moradores destas regiões ficavam restritos aos serviços oferecidos por poucas empresas, a qual na grande maioria detém o monopólio da área, não se preocupando em melhorar o serviço.


Existem divergências por parte dos grupos envolvidos em relação à percepção da atual condição do serviço intermunicipal, dado a falta deinovação tecnológica, de estratégias de mercado para melhorar o serviço e atendimento do usuário. Este cenário foi propício para o surgimento do transporte alternativo (vans, microônibus) num princípio ilegal, mas foi bem aceito pelos usuários obrigando ao órgão público competente regulamentar o setor. Este novo serviço que começou captando os usuários insatisfeitos do serviço tradicional provocouquedas no número de passageiros da mesma, a isto se soma os usuários que decidiram viajar de carro particular e/ou alugado.


Analisando-se o setor de transporte rodoviário de passageiros, historicamente no Brasil, ao contrário da maioria dos países, esses serviços já eram prestados pela iniciativa privada através de delegações, (GIFONI NETO 2002). Os sistemas regulares de ônibus são, em geral,...
tracking img