Transporte ferroviário

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4863 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO

O sistema ferroviário apresenta grande economia e eficiência operacional para passageiros e cargas de baixo valor específico, que sejam transportadas a grandes distâncias e que exijam pouco manuseio nos terminais. Em geral, para distâncias superiores a 400km e cargas como cereais, minérios, produtos siderúrgicos, carvão, petróleo e derivados etc, o transporte ferroviário semostra bastante econômico. A carga geral não apresenta condições econômicas de transporte, a menos que o seu volume seja tal que possa ser movimentada em contêineres de carga. O sistema ferroviário tem a sua implantação feita quase em caráter definitivo, embora em sua vida útil possam ser feitos melhoramentos nos sistemas de controle de tráfego, que aumentarão a capacidade e segurança do sistema.2. TRANSPORTE FERROVIÁRIO NO BRASIL

A nossa primeira ferrovia foi construída pela Imperial Companhia de estradas de ferro, fundada pelo Visconde de Mauá, ligando o Porto de Mauá, na Baía de Guanabara, a Serra da Estrela, no caminho de Petrópolis. A construção da primeira ferrovia do Brasil foi concedida em 1852 a Irineu Evangelista de Souza (o Barão de Mauá) e foi inaugurada no dia 30 de abrilde 1854 por dom Pedro 2º. Tinha uma extensão de 14,5 km e logo depois, outras surgiram no Nordeste, Recôncavo Baiano e, principalmente, em São Paulo, para servir à economia cafeeira, então em fraco desenvolvimento (Estrela do Café).
Eram em geral, construídas ou financiadas por capitais ingleses que visavam somente à satisfação de seus interesses comerciais, sem o mínimo de planejamento. Ela foià primeira operação intermodal do Brasil, pois permitia a integração do transporte hidroviário e ferroviário. Após a inauguração da Estrada de Ferro Mauá sucederam-se as seguintes ferrovias:

Ferrovias Históricas
Ferrovia Data de Inauguração
Recife ao São Francisco (PE) 08/02/1858
D. Pedro II – Central do Brasil(RJ) 29/03/1858
Bahia ao São Francisco (BA) 28/06/1860
Santos a Jundiaí (SP)16/02/1867
Companhia Paulista (SP) 11/08/1872

A implantação deste modelo ferroviário, durante o segundo reinado, baseado em uma tecnologia inadequada para os padrões de velocidade e tráfego atuais e a lógica de implantação de ferrovias baseada no modelo primário-exportador, deixaram algumas características que permanecem no sistema ferroviário:

• Grande variedade de bitolas (distância deseparação dos trilhos: 1,68m, 1,60m, 0,76m, etc.) que dificulta a integração operacional entre as ferrovias;
• Traçado periférico (voltado para um porto de exportação e característico e economias agrário-exportadoras) e excessivamente sinuosos e extensos;
• Estradas de ferro localizadas no país de forma dispersa e isolada atendendo a economia regional e sem intenções de integração do mercadointerno.

Até o final do século 19 outras concessões foram outorgadas:

Ferrovia Data de Inauguração
Companhia Mogiana (SP) 03/05/1875
Companhia Sorocabana (SP) 10/07/1875
Central da Bahia (BA) 02/02/1876
Santo Amaro 02/12/1880
Paranaguá a Curitiba (PR) 19/12/1883
Porto Alegre a Novo Hamburgo (RS) 14/04/1884
Dona Tereza Cristina (SC) 04/09/1884
Corcovado (RJ) 09/10/1884

A implantaçãodas ferrovias em São Paulo está ligada à expansão da cafeicultura para oeste, formando uma malha em direção ao porto de Santos. Eram 18 ferrovias que chegavam, às vezes, até as fazendas de café e, por isso, apresentavam vários ramais. Podemos destacar as seguintes:

• Estrada de Ferro Sorocabana - com 2.074 km;
• Companhia Mogiana de Estradas de Ferro - 1.954 km;
• Estrada de Ferro Noroestedo Brasil - 1.539km;

A Estrada de Ferro Noroeste do Brasil foi construída a partir de 1905, partindo de Bauru (SP), ela atravessava São Paulo e o Estado de Mato Grosso do Sul até Corumbá na fronteira com a Bolívia.

Entre 1870 e 1920, vivíamos uma verdadeira “Era das ferrovias”, sendo que o crescimento médio desta era dos 6.000 km por década. Após 1920, com o advento da era do automóvel,...
tracking img