Transporte escolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3247 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRUDUÇÃO

A presente pesquisa tem por objetivo principal pesquisar as influências do cotidiano do transporte escolar dos alunos do campo para a cidade, e a consequência do mesmo para o rendimento escolar dos alunos.

A presente pesquisa buscará a compreensão dos fatores político e administrativos que interferem e fazem com que a nucleação seja realizada por transportesinadequados ocorra com tanta naturalidade e tempo. A pesquisa contará com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) assim também como os dados que serão buscados nas de secretarias, como a da Secretaria Municipal e Educação, na Secretaria Estadual de Educação e na Secretaria Municipal de Transporte, no município de Faina.

E para um demonstrativo mais claro dasdificuldades apresentadas e dos fatores à que são acometidos esses alunos, será feita uma busca de referências teóricas para justificar e descrever os modos de aprendizado e ensino, incutidos no curso de Geografia para a qualificação desta pesquisa para fins acadêmicos.

 








































1 PROBLEMATIZAÇÃO

            O município de Fainalocaliza-se no na região denominada Vale do Araguaia e possui uma área razoavelmente grande em relação a outros municípios brasileiros mais desenvolvidos com 1.945,657 km² e se encontra também na “rota do Araguaia” (caminho direto entre a capital Goiânia e Aruanã), possuindo uma população de 6.987 pessoas segundo o ultimo censo do IBGE (2010), sendo dessa soma  3.789  vivem na cidade e 3.198  nocampo ou zona rural.
Em uma caracterização mais detalhada a cidade, em seu perímetro urbano, possui como infraestrutura de uso geral da população dois bancos, um hospital e dois postos de saúde, além de cinco colégios, sendo dois municipais e dois estaduais e um particular, e outros estabelecimentos mais comuns, como uma lotérica, um batalhão de polícia e vários órgãos ligados à prefeitura. Já a parte rural do município se vê em vias de manter a economia interna do município, pois em grande parte o município se baseia sua economia na agricultura familiar e no comércio bovino. Portanto é dos dois grandes assentamentos no entorno da cidade e dos pequenos e grandes agricultores que a tradicional feira aberta funciona mantendo a cidade de outros bens não encontrados nos váriossupermercados da cidade como queijos, ovos, legumes, frutas e carnes diversas.
 É dessa população do campo que este projeto de pesquisa vem tratar, pois ela vivencia uma falta de infraestrutura em estradas e transporte adequado para diversos fins, em especial para o escolar.
O foco deste projeto é entender como essa falta de infraestrutura nas estradas e no transporte podeinfluenciar na aprendizagem dos sujeitos que vivem no campo e estudam na cidade, pois é sabido que durante o percurso casa-escola/campo-cidade ficam expostas a todo tipo de situações que podem interferir no desenvolvimento de suas atividades e no aprendizado enquanto alunos, ou seja, no rendimento escolar, na assiduidade, na atenção às atividades e no acompanhamento geral.
Partindo da realidadeapresentada pode-se problematizar: Como é possível, em um país que prega a democracia da igualdade, manter, segundo o IBGE, cerca de 10 milhões de crianças que necessitam andar vários quilômetros para chegar à escola, ou terem que utilizar transportes precários?
Assim as crianças que utilizam o transporte escolar no município de Faina estão sujeitas e acostumadas a tudo que foi citadoacima. Contudo, em pesquisas de competências e aprendizado feitas no colégio essas crianças se mostram em condições de igualdade e até de superioridade que outros alunos que moram na cidade, como poderá ser mostrado mais adiante, e no trabalho monográfico posterior a este trabalho esta é uma temática relevante que necessita ser pesquisada, pois a influência do transporte escolar na aprendizagem...
tracking img