Transplantede célula tranco de sangue de cordão umbilical

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1138 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Transplante de Célula-Tronco de Sangue
de Cordão Umbilical



Na vida fetal, as células-tronco aparecem primeiramente no saco vitelínico, após no fígado e finalmente na medula óssea. O sangue de cordão umbilical contém tanto células-tronco multipotentes primitivas, como células-tronco mais maduras, já comprometidas com algumas linhagens, as quais podem ser mantidas em sistemas decultura. O pico de conteúdo de células ocorre entre 32 e 41 semanas de idade gestacional.
O número de células nucleadas usualmente utilizadas para transplante de sangue de cordão é menor do que o empregado para transplante de medula óssea devido ao limitado número de células disponíveis na unidade de sangue de cordão umbilical coletada. Contudo, a freqüência de células primitivas no sangue de cordãoumbilical é maior do que a da medula óssea. Comparadas com células-tronco hematopoiéticas de adultos (HSC), células-tronco hematopoiéticas de sangue de cordão umbilical têm distintas vantagens proliferativas, incluindo a capacidade para formar mais colônias em cultura, uma mais alta de ciclo celular, produção autócrina de fatores de crescimento mais longos.
Estas células estão usualmente em umestado inativo ou não-cíclico comparadas áquelas na medula óssea, mas elas respondem mais rapidamente à estimulação por combinações de citoquinas, incluindo eritropoetina, fator estimulador de colônias de granulócitos-macrófagos, interleucina 3, steel factor (ligante c-kit) e ligante Flt3. Esta resposta está relacionada ao fato de que a proporção de células CD34+CD38 - é significativamente maiordo que a que tem sido relatada para a medula óssea de adultos.
A função imune se desenvolve no feto em torno da 12ª á 14ª semana de idade gestacional. Existem algumas diferenças no conteúdo linfóide entre o sangue de cordão e do sangue adulto: uma delas é a presença de células duplamente negativas (CD3+,CD4-, CD8-), as quais estão implicadas no desenvolvimento de tolerância. Análises revelaram quecélulas T de sangue de cordão são 10 a 1.000 vezes menos alorreativas em termos de células T proliferativas e células T citotóxicas comparadas com linfócitos de sangue periférico. Linfócitos T de sangue apresentam menor atividade citotóxica do que linfócitos T de adultos, mesmo após repetidas estimulações alogênicas “in vitro”.
Embora linfócitos T em sangue cordão respondam tão bem quantolinfócitos T de sangue periférico ou medula óssea de adultos apresentando atividade proliferativa a estimulo alogênico primário, células T de sangue de cordão tornam-se não-responsivas á estimulação antigênica secundária, enquanto células T de adultos apresentam uma maior atividade proliferativa em resposta a estimulo alogênico secundário comparada a sua resposta a estimulo alogênico primário.
Umoutro ponto a ser enfatizado é que o sangue de cordão umbilical (UCB) é rica em células NK primitivas CD16-CD56++, as quais possuem importantes capacidades proliferativas e citotóxicas e podem ser induzidas á expansão usando IL-2, IL-12 ou IL-15, sendo capazes de produzir um substancial efeito enxerto versus leucemia (GVL). Transplante de medula óssea (BMT) de doadores relacionados HLA compatíveistêm sido usados com sucesso para o tratamento de criança e adultos com doenças onco-hematológicas recorrentes e de alto risco, imunodeficiência genéticas, desordens metabólicas ou síndromes de falência medular.
Por essa razão, investigadores clínicos têm explorado a disponibilidade de células-tronco de sangue de cordão umbilical como uma fonte alternativa de células-tronco hematopoéticas (HSCs). Oprimeiro transplante de células hematopoiética de sangue de cordão umbilical foi realizado na França em uma criança de cinco anos com anemia de Fanconi.
O sangue de cordão umbilical como fonte alternativas de células-tronco hematopoiéticas passou a ser utilizado por várias instituições e computados pelos registros nacionais e internacionais de transplante como uma modalidade efetiva e com...
tracking img