Transplante o dar e o receber

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1014 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA
Incursos - Instituto Nacional de Cursos
Pós-Graduação em Psicologia da Saúde e Hospitalar

Transplante o dar e o receber

Soraya Lorena



Goiânia
Outubro/ 2010

UNIVERSIDADE PAULISTA
Incursos - Instituto Nacional de Cursos
Pós-Graduação em Psicologia da Saúde e Hospitalar

TRABALHO:

Transplante o dar e o receberSoraya Lorena

Goiânia

Outubro/ 2010

Chama-se transplantação, ou simplesmente transplante, o ato de colher um órgão ou tecido, ou parte deles, de um indivíduo (doador) e implantá-lo(s) em outro indivíduo (receptor) (ou, no caso de tecidos, no próprio doador).
É bom esclarecer que não são apenas os órgãos, como coração, fígado, rins, pulmão e pâncreas, os itens passíveis de doação. Córnea,pele, osso, medula óssea e sangue de cordão umbilical são também necessários para salvar ou melhorar a vida de muitas pessoas.
De acordo com os subtipos de transplantações pode-se ter:
* Transplantação autoplástica, que ocorre quando se transplantam tecidos do mesmo organismo, de um lugar para outro;
* Transplantação heteroplástica, que é a transplantação de órgãos ou tecidos de umorganismo para outro. E por sua vez, esta pode ser homóloga, se a transplantação ocorre entre indivíduos da mesma espécie;
* Transplantação heteróloga ou xenotransplantação, se o transplante de órgãos ou tecidos ocorre entre indivíduos de espécies diferentes
Princípios éticos tais como:
* O princípio da intangibilidade corporal, que reflecte a pertença do corpo à identidade pessoal, e comotal, merecedor da dignidade e da indisponibilidade inerente à pessoa humana. Desta forma, qualquer intervenção na integridade corporal é simultaneamente uma intervenção na integridade pessoal.
* O princípio da solidariedade, que defende que sendo o homem um ser eminentemente social e portador da possibilidade de fazer um conjunto de sacrifícios em função do bem da comunidade, que dentro de estessacrifícios devem incluir-se as dádivas de órgãos. Desde que estas não impliquem comprometimento da integridade vital.
* O princípio da totalidade, acredita que sendo o corpo um todo, cada parte do mesmo deve ser avaliada de acordo com o todo. E por isso, cada parte (membro, órgão ou função), pode ser sacrificado em função do corpo, desde que isso seja útil para o bem-estar de todo oorganismo.
É importante que haja uma equipe multiprofissional trabalhando juntas, como o acompanhamento do médico, da enfermeira e da psicóloga. Esse atendimento multiprofissional se mostrou vantajoso, pois a quantidade de informações e esclarecimentos realizados tanto pelo médico como pela enfermeira ocasiona uma mobilização emocional em que o paciente tenha a oportunidade de integrar mencionadasinformações ao atendimento psicológico. O psicólogo deve estar atento a todas as relações que o paciente desenvolve com a equipe multiprofissional, com ele mesmo e com a família, dentro de uma fragilidade física. É nessa teia relacional que as intervenções são realizadas e acontecem em um espaço de tempo muito breve, enquanto o paciente está no contexto hospitalar. A delimitação do tempo interferediretamente na prática do psicólogo pela grande rotatividade dos leitos, pela gravidade da doença, dentre outras.
A entrevista psicológica com o doador tem o objetivo de investigar os sentimentos e as fantasias quanto à doação, esclarecer quanto ao processo cirúrgico e recuperação e prepará-lo para uma possível rejeição.
Analisa suas emoções e a percepção que tem de si após o diagnóstico dadeficiência; examina, ainda, os esclarecimentos procedidos, tanto pelo médico como pela enfermeira, relativos ao processo cirúrgico e cuidado pós-transplante, checando, a partir do seu discurso e suas manifestações emocionais, se as informações e orientações foram efetivamente compreendidas. É a primeira oportunidade que o paciente está tendo para entrar em contato com a carga de sofrimento diante de...
tracking img