Transformação materia prima em bens de consumo e produção

Conjugação do trabalho e do capital para transformar a matéria-prima em bens de produção e consumo
Uma indústria é toda atividade humana que, através do trabalho, transforma matéria-prima em outros produtos, que em seguida podem ser, ou não, comercializados. De acordo com a tecnologia empregada na produção e a quantidade de capital necessária, a atividade industrial pode ser artesanal,manufatureira ou fabril.
O processo de produção industrial é também conhecido como setor secundário, em oposição à agricultura (setor primário) e ao comércio e serviços (setor terciário), de acordo com a posição que cada atividade normalmente está na cadeia de produção e consumo. Hoje em dia o processo industrial é capitaneado pelas multinacionais.
Indústria de bens de produção ou indústria de base étoda indústria que trabalha com matéria-prima bruta transformando-a em matéria-prima para outras indústrias. Exemplo: indústria siderúrgica e petroquímica.
Indústria de bens intermediários ou de bens de capital (tipo de indústria de base) é aquela que tem como principal função equipar indústrias de outros tipos, em especial indústrias do setor terciário (indústria de bens de consumo ou leve). Produzautopeças, ferramentas, máquinas, entre outros produtos. Como exemplo de algumas indústrias equipadas pela indústria de bens intermediários, temos: fábricas de tornos (equipa indústrias mecânicas, indústrias de ponta (ex: produção de CD), indústrias de bens de consumo (duráveis ou não-duráveis).
Indústria de bens de consumo é aquela que produz artigos para o grande mercado consumidor (populaçãoem geral). Ex.: indústria têxtil, indústria alimentar. A indústria de bens de consumo aparece como indústria leve.
Indústria é definida como a conjugação do trabalho e do capital para transformar a matéria-prima em bens de produção e de consumo, sendo que sem ela, seria impossível o abastecimento das necessidades da sociedade moderna com os bens necessários para o dia-a-dia.
Antes da suaexistência, ou seja, da I Revolução Industrial, a produção desses bens necessários era feito manualmente, fase esta conhecida como artesanal ou da manufatura, que se estendeu desde a Antiguidade até a segunda metade do século XVIII, quando deu-se o início da maquinofatura. Entretanto, o fenômeno da industrialização continua de certa forma restrito a alguns lugares do planeta, principalmente nos países dohemisfério norte.

Desde a 1ª Revolução Industrial até meados do século XIX, as jazidas de carvão mineral eram um dos fatores mais importantes para a localização das primeiras indústrias, tendo em vista que o carvão era a fonte de energia usada naquelas máquinas, razão pela qual ter ocorrido uma intensa industrialização em torno das principais bacias carboníferas em Yorkshire e Lancashire naInglaterra; vales dos rios Ruhr, Reno e Sarre na Alemanha; região de Pás-de-Calais e Alsácia-Lorena na França; região dos Montes Apalaches no nordeste do EUA.
Com o advento da 2ª Revolução Industrial na última metade do século XIX, outras fontes de energias, como o petróleo e a eletricidade, passaram a serem utilizadas e o carvão mineral passou a ser substituído, facilitando a instalação e odesenvolvimento de novas zonas industriais, devido à facilidade de transportes, transmissão e uso dessas novas fontes, provocando um reordenamento na distribuição geográfica das fábricas.
Outro fator determinante para a localização espacial das indústrias é a proximidade das fontes de matérias-primas, como petróleo matéria-prima de vários produtos (como plásticos, borrachas sintéticas, fertilizantes,etc), minérios, madeiras e produtos agrícolas, com a implantação de siderúrgicas, metalúrgicas, petroquímicas, madeireiras e de papel celulose, entre outras.
Matéria-prima: esse item ocupa um lugar de destaque no processo produtivo, pois é a partir dessa que será agregado um valor correspondente ao resultado do trabalho e automaticamente o lucro da produção. Diante da importância, essa deve...
tracking img