Transferindo arquivo...

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4354 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A FALA E A ESCRITA EM QUESTÃO: RETEXTUALIZAÇÃO Vera Lúcia de A. S. Ferronato – Assessora Pedagógica do Sistema de Ensino Positivo – Curitiba – Paraná. O curso de capacitação de professores do Sistema de Ensino Positivo, no ano de 2007, se propôs a discutir o que se considera “trabalhar fala e escrita” em sala de aula, e como algumas atividades podem levar o professor a mostrar aos seus alunos - ecom eles interpretar e produzir - as diversas possibilidades de expressão na sua língua. A questão do tratamento da oralidade no ensino de língua materna é muito recente, haja vista que somente a partir da segunda metade da década de 90 vêm sendo publicados livros que abordam esse assunto. Embora muitas pesquisas sobre a língua falada tenham sido realizadas, quer nas ciências humanas, quer nassociais, pouco está se realizando no campo educacional, devido a um hiato entre a pesquisa científica e a sala de aula. Vale destacar que os pressupostos teóricos que estão embasados na concepção da língua como forma de interação social norteiam essas pesquisas. Com a inclusão dessa abordagem nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) de língua portuguesa, muito se tem discutido como trabalhar aoralidade nas salas de aula. Se a função da escola não é ensinar o aluno falar, visto que ele já é um falante da língua, o que se deve fazer então? É por esse viés que foi encaminhado o curso de metodologia nas escolas conveniadas do Sistema de Ensino Positivo. Neste curso, são enfocados os seguintes objetivos: a. Focalizar os processos de retextualização. b. Evidenciar que a fala e a escrita sãoduas modalidades de um mesmo sistema lingüístico. c. Nortear atividades pedagógicas para a retextualização. d. Esclarecer que o aprendizado das operações de transformação do texto falado para o escrito garante melhor domínio da produção escrita.

1

e. Promover práticas de oralidade e de escrita de forma integrada a fim de se identificar as relações entre oralidade e escrita. f. Ressaltar queos processos de retextualização se utilizam dos conhecimentos prévios da língua para o aprimoramento do texto.

A oralidade e o letramento

O que se tem visto é o desprezo quase por completo dos gêneros textuais característicos das práticas orais, pelo preconceito de que a fala é considerada caótica e sem gramática. Entretanto, essas práticas são importantes do ponto de vista do letramento.Aqui se recorre ao conceito de letramento de SOARES (1998, p. 39): “Letramento é estado ou condição de quem não só sabe ler e escrever, mas exerce as práticas sociais de leitura e de escrita que circulam na sociedade em que vive, conjugando-as com as práticas sociais de interação oral.” Assim, o ensino deve levar o aluno a adquirir um grau de letramento que possibilite desenvolver habilidades delinguagem e mostrar a grande variedade de usos da fala – a língua não é homogênea e monolítica -, trabalhando os diferentes níveis (do mais coloquial ao mais formal) das duas modalidades – a falada e a escrita. Como afirma BECHARA (1987, p.14), “(...) tornar o aluno “poliglota” dentro de sua própria língua, para que possa optar pelo registro adequado a cada situação comunicativa”. Reafirmando comCASTILHO (1998, p. 13):
(...) não se acredita mais que a função da escola deve concentra-se apenas no ensino da língua escrita, a pretexto de que o aluno já aprendeu a língua falada em casa. Ora, se essa disciplina se concentrasse mais na reflexão sobre a língua que falamos, deixando de lado a reprodução de esquemas classificatórios, logo se descobriria a importância da língua falada, mesmo para aaquisição da língua escrita.

2

Endossando esse argumento, SOARES (1998, p. 4) propõe os seguintes objetivos para o ensino de língua:
(1) Promover práticas de oralidade e de escrita de forma integrada, levando os alunos a identificar as relações entre oralidade e escrita. (2) Desenvolver as habilidades de uso da escrita em situações discursivas diversificadas em que haja: - motivação e...
tracking img