Trajetória do serviço social no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1015 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNOPAR
CURSO SUPERIOR EM SERVIÇO SOCIAL
DISCIPLINA: INTERDISCIPLINAR - 2º SEMESTRE
DOCENTES: Adarly Rosana Goes
Sergio de Goes Barboza
Lisneia Rampazzo
Márcia Bastos
DISCENTE: XXXXXXX

RESENHA CRÍTICA DO LIVRO: LEGITIMIDADE POPULAR E PODER PÚBLICO DA AUTORA RAQUEL RAICHELIS EDITORA CORTEZ. SÃO PAULO. 1988.
CAPÍTULO II - A TRAJETÓRIA DO SERVIÇOSOCIAL NO BRASIL

CACOAL - RO
2011

NOME

RESENHA CRÍTICA DO LIVRO: LEGITIMIDADE POPULAR E PODER PÚBLICO DA AUTORA RAQUEL RAICHELIS EDITORA CORTEZ. SÃO PAULO. 1988.
CAPÍTULO II - A TRAJETÓRIA DO SERVIÇO SOCIAL NO BRASIL

Trabalho apresentado como requisito avaliativo da Disciplina Interdisciplinar do 2º Semestre do Curso de Bacharelado em Serviço Social da UNOPAR.

CACOAL - RO
2011SUMÁRIO

INTRODUÇÃO .................................................................................................. | 03 |
| |
I - TRAJETÓRIA DO SERVIÇO SOCIAL NO BRASIL .................................... | 04 |
| |
CONCLUSÃO ................................................................................................... | 06 |
| |
REFERÊNCIAS................................................................................................. | 07 |
| |

INTRODUÇÃO

O Serviço Social é uma profissão de curso superior cujo objeto de intervenção são as expressões multifacetadas da questão social. Tem contribuições da sociologia, psicologia, economia, ciência política, antropologia, ética.
O Serviço Social é uma profissão de caráter sócio-político, críticoe interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da “questão social”, isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho.
A estrutura organizacional do Serviço Social Brasileiro vem sendoprofundamente redesenhada assim o presente estudo visa discutir o surgimento e a estruturação desta profissão através de uma resenha crítica sobre Trajetória do Serviço Social no Brasil encarando aspectos como a desigualdade social, econômica e cultural, ou seja, problemas da sociedade capitalista, do antagonismo entre o capital e o trabalho.

Resenha Crítica da Obra: RAICHELIS, Raquel. LegitimidadePopular e Poder Público. Capítulo II: Trajetória do Serviço Social no Brasil. São Paulo. Editora Cortez. 1988.

I - TRAJETÓRIA DO SERVIÇO SOCIAL NO BRASIL

A trajetória do serviço social no Brasil tem o maior objetivo de cumprir determinadas tarefas na sociedade capitalista e na prática com as classes sociais. Assumindo a atribuição de realizar a intermediação entre o poder institucional queexecuta as políticas oficiais e a população receptora dessas políticas. A igreja católica, colaborou com esse movimento na metade da década de 20, assumiu um papel ativo chamado ”questão social”. Só que, durante a segunda metade da década de 30, a igreja resolveu intervir politicamente nesse processo, por causa da Republica Velha, tendo relegado a um plano secundário que teve a formação da classeoperária. O reconhecimento da classe operaria a níveis de exploração. O conjunto de leis sociais que será implantado pelo estado corporativista, significa o reconhecimento pelo Estado da presença política da classe operária. A “questão social” passa a ser o centro das contradições sociais.
Conforme a autora quando a igreja católica reaglutina em torno de si as forças sócias de base cristã vãocompor o chamado movimento católico leigo, e o serviço social passa então a ser utilizado na implementação do projeto político-corporativo da igreja. Sendo assim, o serviço social vai surgir, na década de 30, partir da iniciativa de grupos sociais femininos vinculados á igreja católica, que constituirão exatamente a base do movimento leigo.
Em 1936 inicia-se a primeira escola de serviço social...
tracking img