Tragetoria do serviço social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1758 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Apresentação
O presente trabalho nos permite analisar a trajetória do Serviço Social, suas contradições em práticas com as classes sociais, seus fundamentos e estruturas surgidos no final do século XIX, quando consolidou o processo de industrialização, conhecido como Revolução Industrial.
O Serviço Social significou um desenvolvimento econômico, social, político e Cultural. Tornando intensas asrelações do sistema social capitalista, pois quando entrava em conflito a questão social o trabalho e o capital era destaque. Estes elementos, aliados à pesquisa da realidade possibilitam decifrar as situações particulares com que se defronta o assistente social no seu trabalho, de modo a conectá-los aos processos sociais que geram e modificam. A importância que pode ser dada a cada um dependemuito do grau que se atribui aos elementos. Para um melhor entendimento, podemos considerar o trabalho humano, focalizando a exploração do trabalho pelo capital, com consequência para a vida do trabalhador. Partindo desse pressuposto que o Serviço Social teve suas origens seguindo de um contexto de desenvolvimento capitalista e do agravamento da questão social.
O Serviço Social surge de modo agarantir a reprodução desse modo de produção e das relações sociais que sustentam o trabalho alienado. Nesse cenário de grandes questões sociais, surgiram as bases que estruturam o Serviço Social, que, durante muito tempo, esteve a serviço da burguesia, recebendo forte influência da doutrina social, desenvolvida pela Igreja Católica.

Desenvolvimento
A trajetória do Serviço Social está ligada aosfatos históricos, contexto geral da sociedade, isto é, a história dos processos econômicos, das classes e das próprias ciências sociais. O Serviço Social tendo seu surgimento marcado pela consolidação do sistema capitalista no momento de sua manifestação como monopólios, momento este marcado pelo afloramento da “questão social”, entendida como:
[...] conjunto das desigualdades sociais engendradasna sociedade capitalista madura, impensáveis sem a intermediação do Estado. Tem sua gênese no caráter coletivo da produção contraposto a apropriação privada da própria atividade humana- o trabalho-, das condições necessárias à sua realização, assim como de seus frutos. È indissociável da emergência do “trabalho livre”, que depende da venda de sua força de trabalho com meio de satisfação de suasnecessidades vitais. A questão social expressa, portanto disparidades econômicas, políticos e culturais das classes sociais, mediatizados por relações de gêneses, características étnico-sociais e formações regionais, colocando em causa as relações entre amplos segmentos da sociedade cível e o poder estatal. (IAMAMOTO, 2001: 16, 17)
Inicialmente, o Serviço Social se apresenta envolvido com osinteresses da classe dominante, mas, também estão sujeito à classe subalterna sendo o mediador entre ambas as classes. A contradição é uma característica presente em países industrializados assim como os altos índices de pobreza na zona urbana.
Por volta da década de 30, começa haver no Brasil uma urbanização crescente, e as contradições da industrialização fazem surgir as lutas reivindicativas, aclasse trabalhadora passa a se organizar resultando na hostilidade do outro grupo. Nasce neste momento através do papel pacificador por parte do Estado, a institucionalização do Serviço Social que, movido pelas profundas alterações sociais através do processo de transição do modelo agrário-comercial para o modelo industrial.
Não surgindo como uma reivindicação da população-alvo de sua ação, mas degrupos das classes dominantes, como um instrumento auxiliar na difusão da ideologia dominante e no exercício do poder de classe.
A Igreja Católica torna-se fundamental na abertura das duas primeiras escolas de Serviço Social: a Escola de Serviço Social de São Paulo, em 1936 e a Escola de Serviço Social do Rio de Janeiro, em 1937, sendo essas duas escolas as pioneiras do Serviço Social no...
tracking img