Trafico de seres humanos: uma forma contemporânea de escravidão

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (621 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trafico de Seres Humanos: Uma forma contemporânea de escravidão

Relatório apresentado em decorrência da palestra “Trafico de Seres Humanos: Uma forma contemporânea de escravidão”, o qual foiministrada pela Professora Waldimeiry Correa, no Auditório Padre Arnóbio, Bloco D da Universidade Tiradentes, no dia 14/03/2012 valendo pela SEMEX – Semana de Extensão. A palestrante começou a explanarsuas ideias com o histórico, relatando que teve inicio em 2000, pelo Protocolo de Palermo. Este, por sua vez, prevê como a primeira finalidade do tráfico de pessoas a exploração da prostituição de outremou outras formas de exploração sexual. Também é a extensão e busca pela defesa dos Direitos Humanos, ao concertar a Proteção e assistência às vitimas, também prevê a prevenção, perseguição erepressão ao crime, conhecido como os três “P” de Palermo. Relatando que, como elementos constitutivos desta pratica ilegal, temos: Ação, que é o transporte; Meio, à ameaça e o Fim, que é a questão daexploração. Esclarecendo ponto importante, de que para tal pratica criminosa, o consentimento por parte da vitima é irrelevante para o que se gere o ilícito. Com relação as rotas que são adotadas pelostraficantes de pessoas, temos duas espécies: Trafficking (trafico) e Smuggling (contrabando). Para diferenciá-las, formaremos um quadro demonstrativo para melhor explicar:
Contrabando TraficoTipo de crime | Crime contra o Estado - não há vítima pelo crime de contrabando, como tal, (violação das leis de imigração / ordem pública, de crime de contrabando, por definição, não necessita deviolações dos direitos dos migrantes contrabandeados) | Crime contra a pessoa - vítima, a violação dos direitos da vítima de tráfico, por definição (violação dos direitos humanos da pessoa; vítima decoerção e exploração, que dão origem a deveres do Estado para tratar o indivíduo como uma vítima de um crime e direitos humanos violação) |
Por que lutar contra isso? | Para proteger a soberania...
tracking img