Trafego aereo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3799 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MÓDULO 15 - TRÁFEGO AÉREO
Alexandre L. D. Bastos e Derick M. Baum
(versão: 17/05/2007)

1. INTRODUÇÃO A idéia que o céu é infinito e que existe liberdade ao se voar pode ter seu romantismo, porém, e cada vez mais, se afasta da realidade. O espaço aéreo é organizado considerando-se os interesses de seus usuários tanto da aviação militar como da aviação civil. Esta, considerando-se seu caráterinternacional, exige que seu planejamento siga normas ditadas pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI). Neste módulo será apresentada a estrutura do espaço aéreo brasileiro, os serviços que são prestados em cada setor do espaço aéreo, as regras de vôo básicas, uma noção de separação entre aeronaves, as etapas que compõem um vôo, alguns conceitos de altimetria e, para finalizar, sãoapresentados os principais auxílios à operação aeronáutica. O Sistema CNS/ATM e as demais tendências para o controle do tráfego aéreo, tarefa fundamental para a existência do transporte aéreo, estão no Módulo 16 (CNS/ATM). 2. ESTRUTURA DO ESPAÇO AÉREO O espaço aéreo sob jurisdição do Brasil divide-se em: a) Espaço Aéreo Inferior – que tem como limite inferior o solo ou a água e limite superior onível de vôo 245 inclusive (FL 245 – flight level – que corresponde a 24.500 pés, ou cerca de 7.500 m) e; b) Espaço Aéreo Superior – que tem como limite inferior o FL 245 (exclusive) e limite superior ilimitado. Os limites laterais dos mesmos estão especificados nas cartas de rota (ERC – Enroute Chart). Nota: A necessidade de se dividir verticalmente o espaço aéreo e designá-lo como espaços aéreossuperior e inferior têm por finalidade estabelecer as partes do espaço aéreo onde voem aeronaves de semelhantes desempenhos, de forma a compatibilizar o objetivo dos vôos mais diretos possíveis com o espaçamento exigido entre os auxílios à navegação aérea, com a topografia e com outros fatores intervenientes. Para fins de prestação de serviços, está designado em: • Espaço Aéreo Controlado • ATZ –Zonas de Tráfego de Aeródromo • CTR – Zona de Controle de Tráfego • TMA – Área de Controle Terminal • CTA – Área de Controle • UTA – Área de Controle Superior Região de Informação de Vôo (espaço aéreo não controlado) • FIR – Região de Informação de Vôo Espaço Aéreo Condicionado • Áreas Proibidas • Áreas Restritas • Áreas Perigosas

• •

Nota: O que distingue um espaço aéreo ser controlado ou nãoé a capacidade de se manter comunicação bilateral contínua entre órgão de tráfego aéreo e aeronaves, ou seja, área de cobertura de freqüência aliada a uma demanda de tráfego aéreo. A utilização de radar como um auxílio à prestação do serviço de tráfego aéreo visa atender melhores requisitos de informação de vôo, menor separação, maior capacidade de tráfego em cada setor, facilitar subidas edescidas, etc. Portanto, podemos ter áreas controladas onde não há cobertura radar.

1

Espaços Aéreos Controlados I. Zona de Tráfego de Aeródromo (ATZ), em aeródromo controlado. Espaço aéreo estabelecido em torno de um aeródromo, para proteção do tráfego de aeródromo (fig. 1). A ATZ envolve o circuito de tráfego e as áreas de manobras de um aeródromo. Visa estabelecer um espaço controlado paratráfego de aeródromo em condições visuais, segundo as regras VFR. Possui configuração variável (geralmente com limite lateral entre 2NM e 5NM) e limite inferior o solo ou água. São representadas nas Cartas de Aproximação Visual (VAC – Visual Approach Chart). O órgão de controle responsável por esta área é a TWR (Torre de Controle).

Figura 1 – Zona de Tráfego de Aeródromo
II. Zona de Controle(CTR) Espaço aéreo envolvendo um ou mais aeródromos próximos e capaz de conter as trajetórias dos procedimentos de aproximação e saída por instrumentos (fig. 2). A CTR possui configuração variável (geralmente com limite lateral entre 8NM e 15NM) e limite inferior o solo ou água. São representadas nas ERC e nas Cartas de Área (ARC – Area Chart).O órgão de controle responsável por esta área é o APP...
tracking img