Tradicionalismo x modernidade nos casamentos de narizinho e emília em reinações de narizinho.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 52 (12991 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Monografia apresentada em 2010, na conclusão do Curso de Letras Vernáculas.











JÍREDE PEREIRA SANTOS










TRADICIONALISMO X MODERNIDADE NOS CASAMENTOS DE NARIZINHO E EMÍLIA EM REINAÇÕES DE NARIZINHO.

















IPIAÚ
2010
JÍREDE PEREIRA SANTOS




















TRADICIONALISMO X MODERNIDADE NOS CASAMENTOS DENARIZINHO E EMÍLIA EM REINAÇÕES DE NARIZINHO.


















IPIAÚ
2010


















































AGRADECIMENTOS



A Deus, por iluminar minha vida, tornando possível a realização de todos os meus sonhos;

À Ivanildes Pereira Santos (In Memoriam), que, quando viva, contribuiu, através das orações e,financeiramente para com minha graduação;

A José Souza Santos, que tantas vezes tirou o dinheiro de seu sustento para arcar com as passagens de meu transporte até a Universidade;

A todos os meus irmãos (Izabel Cristina Pereira, Iraildes Pereira, Ivanildo Pereira, Ivando Pereira, Josenilda Pereira, Joelma Pereira, Irailma Pereira, Genária Pereira e Idian Pereira) por contribuírem direta eindiretamente;

A todos os Professores da UNEB, especialmente a Professora Míriam Ramos, pelas possibilidades da ampliação dos conhecimentos;

Aos colegas de curso, pela boa convivência que tivemos durante esse percurso acadêmico;

A todos que, de alguma forma, contribuíram para a realização deste trabalho.













RESUMO


O nosso estudo, que percorre as terras de DonaBenta Encerrabodes de Oliveira, tentará perceber como se destacam as personagens femininas Dona Benta, Emília e Narizinho dentro do Sítio do Picapau Amarelo. Este trabalho estará limitado ao inicio do século XX, especificamente às décadas de 1920 e 1930, por entender que este período é um momento de transição e notoriedade da mulher. Nosso intuito é desvendar o nosso problema que infere aemancipação da mulher numa sociedade patriarcalista e a exploradora da figura feminina. Neste sentido, a análise dos casamentos de Narizinho e Emília fez-se salutar, pois estes sugerem uma oposição entre o tradicional, subordinado ao patriarcalismo, e o moderno, defensor da independência feminina. Nesta perspectiva, Narizinho defende os preceitos patriarcais, nos quais está presente a submissão da mulher emrelação ao homem, enquanto que Emília torna-se transgressora da sociedade da época, pois, ao casar-se com Rabicó desejou ser o centro da família, fato repudiado por uma sociedade marcada pelo domínio masculino. Desta feita, sua transgressão é denotada pelo interesse, pelas convicções de seus valores e crenças contra as imposições sociais e morais de seu tempo e, com isto, a boneca de panodemonstrou traços femininos que contrapõem ao sistema patriarcal brasileiro do início do século XX.

Palavras-chave: Literatura infanto-juvenil; Monteiro Lobato; Matriarcalismo; sociedade tradicional; sociedade moderna.

























RÉSUMÉ


Notre étude, qui couvre les terres de Dona Benta Encerrabodes de Oliveira, essayer de comprendre comment les personnagesféminins se distinguent Dona Benta, Emília et Narizinho le Sítio do Picapau Amarelo. Ce travail sera limitée au début du XXe siècle, en particulier les années 1920 et 1930, estimant que cette période est un moment de transition et la réputation de la femme. Notre but est de dévoiler notre problème qui implique l'émancipation des femmes dans une société patriarcale et l'exploitation de la figureféminine. En ce sens, l'analyse des mariages Narizinho et Emília est devenu sain, car ils suggèrent un contraste entre la tradition, subordonnée au patriarcat, et le moderne, défenseur de l'indépendance des femmes. Dans cette perspective, Narizinho défend les préceptes patriarcale, qui est présent dans la soumission des femmes par rapport aux hommes, tandis que Emily devient transgressive de la...
tracking img