Trabalhos!

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (730 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
JURISDIÇÃO E COMPETÊNCIA :
Jurisdição

De acordo com a doutrina de Julio Fabbrini Mirabette, jurisdição "é a faculdade que tem o Poder Judiciário de pronunciar concretamente a aplicação do direitoobjetivo, ou a função estatal de aplicar as normas da ordem jurídica em relação a uma pretensão".

Entretanto, nenhum juiz possui jurisdição absoluta, ampla, que incide sobre todos os tipos dedemanda.

Para delimitar a atuação da jurisdição, distribuindo racionalmente a atribuição dos juízes, o legislador disciplinou regras sobre competência.

Princípios da Jurisdição

I - Princípio dojuiz natural: este princípio, previsto na Constituição Federal, afirma que "ninguém será processado nem sentenciado senão pela autoridade competente" (CF, art. 5º, LII).

Referido princípio tambémreforça a garantia da proibição do juízo ou tribunal de exceção (ou Tribunal ad hoc - art. 5º, XXXVII, CF), que é aquele criado após a prática de um crime para o seu específico julgamento (exemplo: OTribunal de Nuremberg, constituído pelos aliados para julgar nazistas pelos crimes de guerra).

II - Princípio do devido processo legal, também conhecido como due process of law: também previsto naConstituição Federal, afirma que "ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo legal" (art. 5º, LIV).

III - Princípio da indeclinabilidade da prestação jurisdicional:determina que nenhum juiz poderá subtrair-se do exercício da função jurisdicional, nem o legislador poderá produzir leis restringindo o acesso ao Poder Judiciário (art. 5º, XXXV, CF).

IV - Princípio daimprorrogabilidade: de acordo com este princípio, o juiz não poderá invadir nem ter sua competência invadida por outro juízo.

V - Princípio da indelegabilidade: esse princípio dispõe que o juiz nãopode delegar suas funções exceto quando houver previsão legal, como ocorre, por exemplo, nas cartas precatórias.

VI - Princípio da inevitabilidade ou da irrecusabilidade: este princípio quer...
tracking img