Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3844 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Choque
Conceito
O termo choque foi usado pela primeira vez pelo médico-cirurgião francês Ledran em 1743. Guthire, médico-cirurgião inglês, em
1815, volta a referir-se ao choque em On Gunshot Wounds of the Extremities. Em 1872, Gross descreveu choque como "uma
intensa ameaça à maquinaria da vida". Por definição, choque é uma síndrome clínica onde a perfusão tecidual é inadequada e
produzdesequilíbrio entre a oferta e o consumo de oxigênio aos tecidos. É uma síndrome onde vários processos patológicos e
doenças estão envolvidos no seu desencadeamento. Na realidade, no choque há privação de nutrientes básicos celulares
(principalmente o oxigênio). Mesmo em estados hipercinéticos onde há aumento da perfusão, o metabolismo é exagerado,
causando uma demanda maior de oxigênio.

Classificação:Segundo Blalock
Choque, um estado de hipóxia celular, pode ser dividido em quatro grandes áreas:
Choque distributivo (ou inflamatório)
É quando há uma distribuição de volume anormal, como séptico, anafilático, neurogênico e alguns tipos de choque endócrino e
metabólico.
Choque hipovolêmico
Caracteriza-se pela perda de volume plasmático; como em hemorragias, diabete insípidus e insuficiência adrenal.Choque obstrutivo
É quando ocorre obstrução ao fluxo sangüíneo; como em tamponamento cardíaco, pericardite, embolia pulmonar e coarctação de
aorta.
Choque cardiogênico
É quando o índice cardíaco cai abaixo de 2 L/min/m2 e a pressão capilar pulmonar é maior que 20 mmHg. Pode ser causado por
doença miopática ou mecânica cardíaca; arritmias, lesões valvulares, alterações da contratilidade miocárdicae defeitos
intracavitários.
Embora os diferentes tipos de choque tenham manifestações características, muitas vezes seu curso é dinâmico. Quando um
paciente apresenta sepse, ele tem um choque distributivo, mas há depressão miocárdica, causado por toxinas, o que determina
um choque cardiogênico associado.
A terminologia empregada nas discussões que envolvem infecção é complexa, fazendo-senecessária a padronização de
conceitos, a seguir:
Infecção - resposta inflamatória à presença de microrganismo ou à invasão de tecidos normalmente estéreis.
Superinfecção - nova infecção evidenciada durante o tratamento de uma infecção em curso.
Bacteremia - presença de bactérias viáveis no sangue.
Síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SRIS) - resposta inflamatória sistêmica a várias agressõesclínicas graves,
infecciosas ou não, caracterizadas por duas ou mais das seguintes condições:
a. Temperatura maior que 38°C ou menor que 36°C;
b. FC maior que 90 bpm;
c. Freqüência respiratória maior que 20 mrpm ou PaCO2 menor que 32 mmHg;
3
3
d. Contagem total de leucócitos maior que 12.000 céls./mm ou menor que 4.000 céls./mm ou formas em bastão maiores que
10%.
Sepse - SRIS associada à infecçãocomprovada ou fortemente suspeitada.
Síndrome séptica (sepse grave) - Associada a disfunção de órgãos, hipoperfusão (que inclui, mas não está limitada à acidose
lática, oligúria ou uma alteração aguda do estado de consciência), ou hipotensão.
Choque séptico - Sepse associada à hipotensão mesmo após reanimação volêmica adequada.
Síndrome da disfunção múltipla de órgãos - Há alteração na função de órgãosem paciente criticamente enfermo, claramente
associada com o processo séptico. De tal forma que a homeostasia não pode ser mantida sem intervenção nos mesmos.
Interações potenciais entre os diversos tipos de choque:
Tipo
Hipovolêmico
Cardiogênico

Evento Associado
Isquemia coronariana
Isquemia esplâncnica
Necessidade de maior pré-carga
Isquemia esplâncnica

Sociedade Brasileira de Anestesiologia –Curso de Ensino à Distância 2002

Evolução
Cardiogênico
Distributivo
Hipovolêmico
Distributivo

1

Distributivo

Permeabilidade aumentada, vasodilatação Hipovolêmico
Isquemia coronariana, depressão miocárdica Cardiogênico

Quadro Clínico
Choque distributivo
No choque séptico, por exemplo, inicialmente ocorrem sinais de toxemia (vasodilatação periférica, aumento da freqüência
cardíaca,...
tracking img