Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2609 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso: Serviço Social
Disciplina: Responsabilidade Social e Meio Ambiente
Professora Ma. Glauce Soares Casimiro








Série: 2ª

ROTEIRO DE ESTUDOS
TEMA 1: Panorama Mundial
Ecossistema
São unidades naturais complexas constituídas por dois grupos de componentes:
Grupos vivos: plantas, animais e microorganismos (conjuntos dos seres vivos);
Grupos não vivos.
Equilíbrio doEcossistema
Existem dois tipos de fluxos que garantem seu funcionamento e equilíbrio:
Ciclos biogeoquímicos são percursos realizados por elementos químicos, essenciais a vida:
nitrogênio - carbono - oxigênio

 Fluxo de energia:
• Consiste na fixação da energia solar na biomassa vegetal (plantas);
• ocorre por meio da fotossíntese e sua transferência em vários níveis da cadeia alimentar,chegando até ao homem.
A dinâmica dos ecossistemas e sua capacidade de absorver as alterações que sofrem –
sejam por acontecimentos naturais, seja pelas atividades socioeconômicas dos homens –
determinam a qualidade de vida na terra.




















Mudanças Climáticas
O impacto do homem sobre as mudanças climáticas;
Sinais de mudanças climáticas;
Oefeito estufa;
Aumento da temperatura global;
Destruição de ecossistemas;
Ameaças a reservas de água.
Mudando práticas e hábitos
A transição para uma sociedade sustentável envolve um conjunto de fatores:
Desenvolvimento de novas tecnologias (produção de energia).
Inovações institucionais (mecanismos de regulamentação capazes de estimular novos
modelos de produção);
Mudanças culturais comohábitos de consumo.
O papel dos organismos internacionais
Alguns esforços dos organismos internacionais
sustentabilidade:
Protocolo de Quioto.
Mercado de crédito de carbono.
Pacto Global.
Cúpula do milênio da ONU.
Fundo global para o meio ambiente.
Princípios do Equador.

quanto

a

mudança

climática

e



Protocolo de Quioto
Instrumento internacional de 1997 queestabeleceu metas de redução de gases do efeito
estufa em pelo menos 5% no período de 2008 a 2012 – base o patamar de 1990.
Entrou em vigor somente em 2005 com a adesão da Rússia.
Foi ratificado por 175 países, mas não conta com a adesão dos Estados Unidos, um dos
maiores emissores de dióxido de carbono do mundo.
Alegaç ão dos EUA: interferência negativa em sua economia.




Mercado de Créditode Carbono
Quioto, também conhecido como Mecanismo de desenvolvimento limpo (MDL).
Objetivo: incentivar investimentos em energia renovável e em eficiência energética.





















Compra de Crédito de Carbono
Se dá de duas formas:
1) Mercado de projetos (os compradores investem em projetos ou em empresas
comprometidas com a redução das emissões degases de efeito estufa)
2) Mercado de permissões (grandes empresas, como as produtoras de energia, podem
comprar permissões de emissões ao adquirir crédito de países que não tem limites, ou que
estão abaixo do nível exigido).
Pacto Global
É u m instrumento regulatório. Em 1999 a ONU lançou o pacto com intuito de encorajar
empresas a adotarem políticas de Responsabilidade Social Corporativa eSustentabilidade.
Prevê a adoção de princípios relacionados:
Direitos humanos.
Direito do trabalho.
Proteção ambiental.
Contra corrupção.
Cúpula do Milênio da ONU
Realizada em Nova York, de 6 a 8 de setembro de 2000.
Resultado: Declaração do Milênio que estabeleceu os 08 Objetivos de Desenvolvimento do
Milênio.
Objetivos do Milênio
1) Erradicar a extrema pobreza e a fome;
2) Atingir oensino básico universal;
3) Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres;
4) Reduzir a mortalidade na infância.
5) Melhorar a saúde materna;
6) Combater o HIV/AIDS, a malária e outras doenças;
7) Garantir a sustentabilidade ambiental;
8) Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.
Essas metas acabam funcionando como parâmetros para políticas públicas...
tracking img