Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6867 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ARISOLI GARAGNANI











A INFORMÁTICA NA APRENDIZAGEM DE ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS



















SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 7
2 INCLUSÃO: UM COMPROMISSO DE TODOS 9
3 A EDUCAÇÃO E AS NOVAS TECNOLOGIAS 14
4 ANÁLISE DE DADOS 21
5 CONSIDERAÇÕES FINAIS 23
REFERÊNCIAS 25
APÊNDICE 27
ANEXOS 291 INTRODUÇÃO


O mundo vive uma mudança de paradigmas, uma busca de respostas para tantas indagações motivadas pelo avanço da tecnologia.
A nova tecnologia na educação tem trazido inúmeros benefícios na aprendizagem da criança e na educação inclusiva não tem sido diferente, haja vista, que através da Educação Inclusiva, se privilegiam os projetos de escola, queapresenta um direcionamento para a comunidade, onde todas as crianças portadoras de necessidades especiais e/ou de distúrbios de aprendizagem têm o direito à escolarização o mais próximo possível do normal.
O desafio da escola é trabalhar com todos os seus alunos, na tentativa de construir um novo conceito do processo ensino-aprendizagem, eliminando definitivamente o seu caráter segregacionista,de modo que sejam incluídos neste processo todos que dele, por direito, são sujeitos.
Este trabalho aborda a questão da inclusão das Novas Tecnologias, procurando descobrir o que é necessário para que o portador de alguma deficiência participe de todas as atividades escolares que estejam compatíveis com suas possibilidades.
A tecnologia na educação requer um olhar mais abrangente, envolvendonovas formas de ensinar e de aprender condizentes com o paradigma da sociedade do conhecimento, o qual se caracteriza pelos princípios da diversidade, da integração e da complexidade. O compromisso com as questões educacionais tem sido ampliado, através das várias formas de organização, incluindo aquelas que fazem uso da tecnologia para superar os limites de espaços e tempos, de modo a propiciarque as pessoas de diferentes idades, classes sociais e regiões tenham acesso à informação e possam vivenciar diversas maneiras de representar o conhecimento.
São muitos os problemas a serem investigados. Igualmente, no que se refere ao estudo da criança com necessidades educativas especiais (NEE), ou criança excepcional, os avanços alcançados por estas áreas permitem fornecer contribuiçõesimportantes, no campo teórico e prático, para a compreensão dos indivíduos excepcionais. Esses avanços contribuem para entender a criança com NEE, tanto no que se refere ao seu meio interno (variáveis psicomotoras, sócio-afetivas, cognitivas e lingüísticas), quanto no que se refere à sua realidade externa (a sociedade, a família e/ou a escola).
O objetivo deste trabalho é descobrir através de pesquisaa autores e entrevista com professores que atuam em uma APAE, no sentido de que forneçam subsídios para o entendimento da importância do uso de novas tecnologias na educação especial.




























2 INCLUSÃO: UM COMPROMISSO DE TODOS

Aceitar o desafio e trabalhar com Portadores de Necessidades Especiais em sala de aula, é acreditar natransformação da sociedade como pré-requisito para a pessoa PNEE buscar seu desenvolvimento e exercer sua cidadania, sem nunca se esquecer que o empenho e o carinho representam o primeiro passo para a inclusão de uma pessoa diferente que veio ao mundo.

Revolucionar a educação rumo à transformação inclusiva também implica mudanças fundamentais tanto na esfera política, quanto nagestão educacional. Garantia de financiamento adequado e universalização da oferta educacional, para todos os níveis e modalidades de ensino, garantia de remuneração justa e condizente para todos os educadores, desenvolvimento de programas para atender às demandas sociais ainda não atendidas, gestão democrática e participativa – seja das comunidades escolares, seja das instâncias governamentais...
tracking img