Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 59 (14696 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera – Uniderp
Centro de Educação a Distância

Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO

Gabriela Monte Pinto RA 2325409678
Hellen Juliana da Silva RA 3306493643
Joseane Cristina Ol. de Pontes RA 2319383308
Michele Fernanda de Godoi RA 3601586532
Thiago Teodoro Doria RA 3333545779

Prof. Me. Jefferson Teruya de Souza
TutorPresencial: Danilo Marques


Anhanguera Campinas Polo 4

Campinas/SP
2012

Hellen Juliana da Silva RA 3306493643

Junho/2012
SAÚDE E  SEGURANÇA NO TRABALHO

Um acidente de trabalho é ocorre no local e no tempo de trabalho, produzindo lesão corporal, perturbação funcional ou doença de que resulte redução na capacidade de trabalho,ou de ganho, ou de morte.
O acidente de trabalho é definido pela legislação brasileira como toda redução ou perda de capacidade laborativa que causa fatores externos e traumáticos relacionados ao trabalho.
O acidente de trabalho inclui qualquer ação sofrida no horário e no local de trabalho, como agressão física ou incêndio, mesmo que em hora de almoço ou descanso, também se encaixa uma lesãoocorrida a caminho do trabalho ou de volta para casa e viagens de trabalho ou de estudo financiadas pela empresa. A doença ocupacional também refere-se como acidente de trabalho para todos os efeitos, nesse caso é necessário verificar se a causa é de fato laboral.
O funcionário que se julga lesado deve comparecer à perícia médica do INSS munido de sua documentação médica e da Comunicação deAcidente de Trabalho emitida pela empresa. Entretanto, o perito médico pode reconhecer o anexo entre o trabalho e a lesão ou doença sem a CAT. Assim sendo necessário vistoriar o posto de trabalho.
O empregado possui direito a um ano de estabilidade no emprego após o fim do auxílio-doença e a uma indenização se houve culpa ou dolo da empresa.
Diante das leis que protege o empregado, é fundamental aatenção para possíveis riscos de acidentes de trabalho na pizzaria, já que a mesma possui um número razoável de funcionários, esta atenção deve ser priorizada primeiramente por zelar pela saúde e bem estar de seus funcionários e equipes, posteriormente para evitar prejuízos maiores ao empreendimento, indenização, custas médicas, entre outros.

Para evitar esses acidentes de trabalho é essencialconsiderar fatores como: cozinha (instalação dos fogões, forno a lenha, exaustor/ventiladores, uma cozinha ampla que comporte os 5 cozinheiros a executar suas funções, instalações elétricas – freezer, geladeira; condições do gás), entregas (manutenção das motocicletas, capacetes, vestimenta para dias de chuva e/ou frio), recepção (mesa, cadeira, descanso para pés e punhos), limpeza (luvas, botas,instrução para a manusear as substâncias químicas), salão (condições do piso, espaço para circulação de clientes, funcionários, como garçons e suas bandejas).
Também frisar quais são o colaboradores que estão mais expostos à acidentes, numa ordem decrescente à exposição: cozinheiros, moto-boys, lavadores de louças, segurança, funcionários de limpeza, garçons, etc.
Após toda essa análise énecessário elaborar um plano para prevenção de acidentes para posteriormente colocá-los em prática.

Em relação aos empresários é bem comum não se sentirem responsáveis pelos acidente de trabalho e muito menos acham corretos serem condenados ao pagamento de indenização por dano moral ou material ao empregado acidentado.
O empregador acredita que não seja culpado pelo empregado se acidentar dentrodo ambiente de trabalho, que empregado em sã consciência tivesse a intenção de provocar o acidente, sob o risco de ficar inválido ou incapacitado de sustentar sua família ou pelo risco de estar "descartando" sua vida pessoal ou profissional. Não seria mais correto orientar os empregados sobre os riscos de acidentes de trabalhos com palestras, vídeos, enfim por qual de qualquer quer meio que...
tracking img