Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1279 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
.
Geologia do aquífero
O Aquífero Guarani consiste primariamente de sedimentos arenosos que, depositados por processos eólicos durante o período Triássico (há aproximadamente 220 milhões de anos), foram retrabalhados pela ação química da água, pela temperatura e pela pressão e se tranformaram em uma rocha sedimentar chamada arenito. Essa rocha é muito permeável e assim permite a acumulação deágua no seu interior. Mais de 90% da área total do aquífero é recoberta por extrusões de basalto, rocha ígnea e de baixa permeabilidade, depositada durante o período Cretácio na fase do vulcanismo fissural. O basalto age sobre o Aquífero Guarani como um aquitardo, diminuindo sua a infiltração de água e dificultando seu subsequente recarregamento, mas também o isola da zona mais superficial e porosado solo, evitando a evaporação e evapotranspiração da água nele contida.
Aquífero Guarani
| | |

Introdução
Para a maioria da população mundial, o problema fundamental é a escassez de água. No Brasil os recursos hídricos disponíveis são abundantes, ainda que nem sempre bem distribuídos ou bem utilizados.
As águas subterrâneas no país são bastante utilizadas e corresponde a uma abundanteriqueza (uma das maiores do mundo).
Disponibilidade da Água
A vida não pode existir sem água líquida. Reciprocamente, nos lugares onde ela está presente, se dão as condições para o desenvolvimento dos processos vitais. A capacidade de renovação das águas durante o ciclo hidrológico e sua agilidade de auto-purificação, permite a relativa conservação, por um longo período, da quantidade equalidade das águas doces.
Este fato dá a falsa ilusão de inalterabilidade e inexauribilidade dos recursos hídricos que são considerados como um bem gratuito do meio ambiente.
Cerca de 70% da superfície da Terra encontra-se coberta pelas águas num volume de aproximadamente 1.385.984.610 km³. Deste total, 97,5% constitui-se de água salgada e apenas 2,5% em água doce, ou seja: 1,351 bilhões km3 e 34,6milhões km³, respectivamente.
Do total do volume de água doce (34,6 milhões km³) do planeta, cerca de 30,2% (10,5 milhões de km³) pode ser utilizada para a vida vegetal e animal nas terras emersas, pois 69,8% encontram-se nas calotas polares, geleiras e solos gelados.

Distribuição Relativas das Águas Doces no Planeta
CICLO HIDROLÓGICO
O calor do sol aquece a água dos oceanos e da superfícieterrestre, que se evapora, passando a formar parte da atmosfera, por onde circula até que se condensa e precipita sobre os oceanos e continentes (alimentando rios, lagos, aqüíferos, glaciários) Anualmente o ciclo hidrológico envolve um volume total de água de 577.000 km³, sendo que o volume envolvido na evaporação é igual ao envolvido na precipitação.
Em termos gerais, esse volume de água queintervém no ciclo hidrológico é praticamente constante; sem dúvida, espacialmente está modificando-se a nível continental, regional e local toda vez que a hidrologia de uma região está condicionada, entre outros, por fatores climáticos, topográficos, geológicos, de vegetação e da atividade humana (poluição e degradação).

Ciclo Hidrológico
( clique para ampliar )
ÁGUAS SUBTERRÂNEAS
Água subterrâneaé toda a água que ocorre abaixo da superfície da Terra, preenchendo os poros ou vazios intergranulares das rochas sedimentares, ou as fraturas, falhas e fissuras das rochas compactas e, cumprem uma fase do ciclo hidrológico, uma vez que constituem uma parcela da água precipitda.
A água subterrânea apresenta algumas propriedades que tornam o seu uso mais vantajoso em relação às águas dos rios:são filtradas e purificadas naturalmente através da percolação, determinando excelente qualidade e dispensando tratamentos prévios; não ocupa espaço em superfície; sofre menor influencia nas variações climáticas, entre outras.
As águas subterrâneas (10.360.230 km³) são aproximadamente 100 vezes mais abundantes que as águas superficiais dos rios e lagos (92.168 km³), (SHIKLOMANOV, 1998),...
tracking img