Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1147 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
OS ARTEFATOS
Conforme um programa de acreditação do American College of Radiology (ACR), em que foram analisados 2.341 exames de mamografia, os artefatos foram reportados como o sexto problema em ordem de importância, sendo responsáveis por 11% das falhas no exame. Os tipos mais encontrados foram determinados por pó ou poeira, linhas da grade e marcas dos rolos do processador(8).
Artefatos sãodefeitos no processamento do filme ou qualquer variação na densidade mamográfica não causada por atenuação real da mama (incluindo corpos estranhos e dispositivos médicos implantados)(2,6). Eles comprometem a qualidade final da imagem e podem resultar em informações perdidas ou mascaradas, incluindo resultados falso-positivos e falso-negativos. Há numerosos tipos de artefatos derivados de diversasfontes na aquisição da imagem, todos resultando na degradação da imagem obtida. Os artefatos podem ser relacionados ao processador, ao desempenho do técnico de radiologia, à unidade mamográfica ou ao paciente. Quando se examina um filme com relação aos possíveis artefatos, é importante tentar isolar o artefato, identificar sua fonte e fazer qualquer correção necessária para eliminar sua causa.Neste sentido, vários fatores devem ser considerados, incluindo a posição do artefato e suas características, como densidade, forma e distribuição na imagem.
Radiologistas e técnicos de mamografia devem estar familiarizados com os numerosos artefatos que podem criar falsas lesões ou mascarar verdadeiras anormalidades. Neste sentido, este artigo tem como objetivo apresentar os artefatos maisencontrados na prática diária, acompanhados de suas ilustrações imaginológicas, apontando suas diversas fontes, meios de identificação e como de evitá-los.
Artefatos relacionados ao processador
Artefatos comuns relacionados ao processador são do tipo lineares, geralmente por pressão excessiva dos rolos sobre o filme (Figura 1). Para diferenciar se o artefato é devido ao processador ou à unidademamográfica, o ACR, na sua normatização, descreve um teste em que duas radiografias são feitas com a mesma técnica e colocadas no revelador de maneira a serem uma perpendicular à outra. Se os artefatos lineares forem paralelos, o responsável será o processador, caso forem perpendiculares, o mamógrafo será a fonte do artefato.
 

 
Outras causas de artefato relacionadas ao processador são: sujeira nosrolos de impulsão, rolos de secagem molhados, repleção inadequada dos químicos de revelação e fixação, tempo inadequado de imersão do filme nos químicos, produzindo imagens mais ou menos escuras nas áreas afetadas do filme (Figura 2). A temperatura está diretamente relacionada ao contraste radiográfico e ao valor de base + fog. Seu valor ideal depende do tipo de filme, dos ciclos de processamentoe das recomendações do fabricante, variando, normalmente de 29,4°C a 35°C e de 4,5°C a 29,5°C para o revelador e para a água, respectivamente(2,9) (Figura 3).
 

 
 

 
Artefatos relacionados ao técnico de radiologia
Artefatos associados ao desempenho do exame incluem manuseio impróprio do filme, limpeza inadequada do cassete, erro no uso da unidade mamográfica e materiais relacionados,posicionamento e o funcionamento da câmara escura.
Um artefato comum é dado pela impressão digital no filme, principalmente se o profissional estiver usado cremes e loções para as mãos. Se a impressão digital ocorrer antes da exposição radiológica, o artefato será de baixa radiodensidade (branco), e se ocorrer após a exposição, ele será de radiodensidade maior (preto) (Figura 4). Marcas de unhassão vistas como artefatos escuros e curvilíneos determinados pela quebra da emulsão do filme.
 

 
Armazenamento impróprio das caixas de filmes pode causar um artefato de menor densidade no mesmo local em todos os filmes da mesma caixa. Sujeira, pó, cabelo e fiapos de tecidos podem causar artefatos se acidentalmente se depositarem dentro dos cassetes (Figuras 5 e 6). Por isso, a câmara escura...
tracking img