Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3149 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Texto
"Brazil: Global and Regional Security Perspectives and Cooperation Within IBSA"
O Brasil é geralmente reconhecido por ser o país que, através da história, vem buscando o aumento da sua influência no Sistema Internacional. Essa busca pode ser associada a diferentes fatores, tais como os acordos de fronteiras com os países vizinhos, a expansão marítima, que abriu novas possibilidades deinterações tanto comerciais como políticas, econômicas e sociais com outros continentes e também a influência multicultural de sua população. Um outro fator que pode ser levado em conta é a tradição brasileira, que foi construída através dos princípios universais.
São esses fatores que valorizam a imagem do Brasil no cenário internacional, mas a busca brasileira pela influência no SistemaInternacional não é bem sucedida devido a falta de recursos disponíveis. A lacuna entre os interesses e as necessidades internacionais do país, junto com os recursos disponíveis, influenciam fortemente a inserção do Brasil, pois o país precisa saber escolher entre a construção de capacidade para obter recursos ou a sua participação em regimes internacionais em instância de decisões.
A maneira a qual oBrasil aborda os assuntos relacionados a segurança internacional é resultado de complexos arranjos entre a influência, o pragmatismo em relação aos recursos limitados disponíveis para promover seus interesses, a dependência e vulnerabilidade no Sistema Internacional e, finalmente, o impulso de realizar mudanças na Ordem Internacional, com igualdade de pontos de vista político e econômico maisestáveis em termos de segurança. Essas características indicam e justificam a preferência da multipolaridade como estrutura de poder e o multilateralismo como uma fórmula institucional na formação da ordem internacional. A participação brasileira na área de segurança internacional tem se mostrado, de certa forma, vulnerável perante a concentração de poder internacional e as suas próprias limitações são asque promovem os seus interesses de segurança.
Brazil's Agenda Regarding International Security Issues and Processes at Global Level/Scale
A inserção brasileira na arena do Sistema Internacional de segurança é definida a partir de uma perspectiva que combina elementos de política real, especialmente quanto ao diagnósticode sua estrutura e distribuição de poder internacional, e aspectos doliberalismo institucional, em particular os que dizem respeito aos meios e instrumentos com os quais tenta induzir as transformações no cenário internacional. A agenda de segurança brasileira é formada em torno de objetivos e questões que levam a uma ambiguidade.
A evolução da política externa brasileira, bem como a segurança e a defesa, são denominadas em estágios diferentes, por tendênciasdiferentes. Durante os anos militares, a prevalência de um pensamento realista de inspiração autônoma de inserção internacional foi acompanhado por uma estratégia militar, ou seja, o Brasil aspirava ser uma grande potência. Ainda durante esse período, o país procurou exercitar o seu papel de líder junto às Nações Unidas, em particular na Assembléia Geral e na Comissão de Desarmamento, nas questões desegurança internacional, além de participar constantemente como membro não permanente no Conselho de Segurança.
Durante os anos 60, o Brasil participou das principais discussões multilaterais sobre desarmamento, examinando questões relacionadas a desnuclearização da América Latina, junto com as conexões entre o desarmamento, desenvolvimento e não-proliferação de armas. No período em que houve arestauração da democracia, o Brasil promoveu mais relações de cooperação na esfera regional como meio de estabelecer um ambiente estável, onde as Forças Armadas não achariam argumentos, novamente, para se envolver na política. Gradualmente, o governo brasileiro, improvisado economicamente mas politicamente bom, comprometeu-se com a consolidação da democracia e abdicou o plano de poder, que tanto fora...
tracking img