Trabalhos prontos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1335 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
No livro de Elisa Guimarães, A Articulação do Texto, a autora procura esclarecer as dúvidas referentes à formação e à compreensão de um texto e do seu contexto. 

Formado por unidades coordenadas, ou seja, interligadas entre si, o texto constitui, portanto, uma unidade comunicativa para os membros de uma comunidade; nele, existe um conjunto de fatores indispensáveis para a sua construção, como“as intenções do falante (emissor), o jogo de imagens conceituais, mentais que o emissor e destinatário executam.”(Manuel P. Ribeiro, 2004, p.397). Somado à isso, um texto não pode existir de forma única e sozinha, pois depende dos outros tanto sintaticamente quanto semanticamente para que haja um entendimento e uma compreensão deste. Dentro de um texto, as partes que o formam se integram e seexplicam de forma recíproca. 

Completando o processo de formação de um texto, a autora nos esclarece que a economia de linguagem facilita a compreensão dele, sendo indispensável uma ligação entre as partes, mesmo havendo um corte de trechos considerados não essenciais. 

Quando o tema é a “situação comunicativa” (p.7), a autora nos esclarece a relação texto X contexto, onde um é essencial paraesclarecermos o outro, utilizando-se de palavras que recebem diferentes significados conforme são inseridas em um determinado contexto; nos levando ao entendimento de que não podemos considerar isoladamente os seus conceitos e sim analisá-los de acordo com o contexto semântico ao qual está inserida. 

Segundo Elisa Guimarães, o sentido da palavra texto estende-se a uma enorme vastidão, podendodesignar “um enunciado qualquer, oral ou escrito, longo ou breve, antigo ou moderno” (p.14) e ao contrário do que muitos podem pensar, um texto pode ser caracterizado como um fragmento, uma frase, um verbo ect e não apenas na reunião destes com mais algumas outras formas de enunciação; procurando sempre uma objetividade para que a sua compreensão seja feita de forma fácil e clara. 

Esta economiatextual facilita no caminho de transmissão entre o enunciador e o receptor do texto que procura condensar as informações recebidas a fim de se deter ao “núcleo informativo” (p.17), este sim, primordial a qualquer informação. 
A autora também apresenta diversas formas de classificação do discurso e do texto, porém, detenhamo-nos na divisão de texto informativo e de um texto literário ou ficcional. Analisando um texto, é possível percebermos que a repetição de um nome/lexema, nos induz à lembrar de fatos já abordados, estimula a nossa biblioteca mental e a informa da importância de tal nome, que dentro de um contexto qualquer, ou seja que não fosse de um texto informacional, seria apenas caracterizado como uma redundância desnecessária. Essa repetição é normalmente dada através desinônimos ou “sinônimos perfeitos” (p.30) que permitem a permutação destes nomes durante o texto sem que o sentido original e desejado seja modificado.

Esta relação semântica presente nos textos ocorre devido às interpretações feitas da realidade pelo interlocutor, que utiliza a chamada “semântica referencial” (p.31) para causar esta busca mental no receptor através de palavras semanticamentesemelhantes à que fora enunciada, porém, existe ainda o que a autora denominou de “inexistência de sinônimo perfeito” (p.30) que são sinônimos porém quando posto em substituição um ao outro não geram uma coerência adequada ao entendimento. 
Nesta relação de substituição por sinônimos, devemos ter cautela quando formos usar os “hiperônimos” (p.32), ou até mesmo a “hiponímia” (p.32) onde substitui-se aparte pelo todo, pois neste emaranhado de substituições pode-se causar desajustes e o resultado final não fazer com que a imagem mental do leitor seja ativada de forma corretamente, e outra assimilação, errônea, pode ser utilizada. 

Seguindo ainda neste linear das substituições, existem ainda as “nominações” e a “elipse”, onde na primeira, o sentido inicialmente expresso por um verbo é...
tracking img